Uma pequena quantidade de BCAA’s e L-arginina previne o catabolismo

Uma sessão de cardio – especialmente quando realizada após o treino de musculação – tem muitos efeitos positivos para a saúde, mas até mesmo o exercício cardio de baixa intensidade cataboliza o tecido muscular. Para os atletas de musculação, o cárdio é uma faca de dois gumes. Pesquisadores da “Otsuka Pharmaceutical” no Japão acreditam que você pode tornar um dos lados da faca menos afiado, tomando 2 BCAAs g e 0,5 g de arginina.

As doses elevadas de BCAAs reduzem a degradação muscular que ocorre durante o exercício físico e potenciam a resposta anabólica do corpo. Os pesquisadores queriam saber se as doses mais baixas de BCAAs complementadas com uma pequena quantidade de L-arginina também possuem essa qualidade.

Os japoneses fizeram um experiência com 4 homens e 4 mulheres, sendo que todos eles eram saudáveis, nos seus vinte e poucos anos e sem experiência anterior com treinos de musculação. Os participantes receberam um pequeno-almoço, após o qual eles tinham de pedalar três vezes durante 20 minutos a 50 por cento da sua intensidade máxima. Eles descansaram durante cinco minutos entre cada sessão.

Dez minutos depois de terem dado início a esse treino intenso, os sujeitos tomaram os seus aminoácidos dissolvidos numa bebida desportiva. O método de administração dá uma indicação das intenções dos investigadores. Em seguida, os investigadores repetiram a experiência, mas desta vez administraram um placebo aos voluntários.

Os investigadores mediram a quantidade de aminoácidos que os sujeitos absorveram e excretaram durante o treino através de um cateter inserido na perna. Segundo os investigadores, quanto mais aminoácidos forem liberados a partir de uma perna, maior será a degradação muscular dos músculos.

As tabelas abaixo mostram o resultado líquido: a absorção de aminoácidos pela perna menos a sua perda. Como você pode ver, o suplemento reduziu a libertação de glutamina e alanina.

Tabela 1
Tabela 2

O efeito foi maior no final do treino – Durante a terceira sessão. Os números da figura abaixo são da fenilalanina. Se você olhar para este aminoácido, a mistura de BCAAs e L-arginina bloquearam a degradação muscular quase completamente durante o terceiro treino.

Tabela 3

O efeito anti-catabólico do aminoácido inserido na bebida desportiva, provavelmente teria sido maior se os indivíduos do teste não a tivessem bebido durante o treino, mas sem antes. Doses mais elevadas, teriam muito provavelmente, proporcionado um efeito anti-catabólico mais notório.

Os resultados da pesquisa sugerem uma estratégia que poderia muito bem proporcionar aos atletas de musculação mais benefícios com a realização do treino de cárdio após o treino com pesos: tomar uma dose de BCAA’s e L-arginina antes de se dirigir às máquinas de cardio.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário

Siga-nos por Email
RSS
Instagram