O Tribulus Terrestris Aumenta a Testosterona?  

tribulus terrestris aumenta testosteronaO tribulus terristris é um suplemento de ervas que está presente no mercado há décadas e que manteve a sua popularidade como potenciador dos níveis de testosterona, mas será que realmente aumenta os níveis desta hormona?(1)

Já foram realizados vários estudos que tiveram como objetivo determinar o efeito desta erva nos níveis de testosterona em seres humanos:

  • Num estudo em que participaram jogadores de rugby de elite, jovens e do sexo masculino verificou-se que, em comparação com o grupo de controlo, a suplementação diária com 450mg de Tribulus Terrestris não aumentou os níveis de testosterona nem produziu maiores ganhos de força e massa muscular ao longo de 5 semanas.(2)
  • Noutro estudo, realizado em homens entre os 20 e 36 anos, constatou-se que a ingestão de 10 e 20mg por kg de peso corporal, ao longo de 24 dias, não elevou os níveis de testosterona, de androstenediona, nem de hormona luteinizante, comparativamente ao grupo de controlo. (3)
  • Numa outra investigação, testou-se a ingestão diária de 6 g de raiz de Tribulus terrestris em homens com contagem baixa de esperma e observou-se uma melhoria das propriedades eréteis, um aumento da frequência do coito, uma redução da fadiga e um aumento não significativo dos níveis de testosterona (↑16,3%), embora também tenha reduzido os níveis de FSH (↓35.3%) e LH (↓33.4%).

Também já foi efetuada uma revisão da literatura científica existente acerca deste tema que incluiu 11 estudos realizados em animais e seres humanos e os investigadores afirmaram:(1)

“Um número limitado de estudos realizados em animais revelou um aumento significativo dos níveis de testosterona em soro após administração de Tribulus terrestris, mas os estudos realizados em seres humanos sugerem que não é eficiente no sentido de aumentar os níveis de testosterona e portanto, as alegações de marketing dos suplementos de Tribulus terrestris não são fundamentadas.”

E também sugerem que os seus efeitos se devem a um aumento dos níveis de óxido nítrico:

“O aumento dos níveis de óxido nítrico derivado da ingestão de Tribulus terrestris poderá oferecer uma explicação mais plausível para as respostas fisiológicas à suplementação com esta erva, que são independentes dos níveis de testosterona.

De referir que o Australian Institute of Sport não recomenda o uso de Tribulus terrestris por atletas porque os dados publicados até à data não fornecem provas suficientemente robustas para suportar a segurança nem a utilidade do seu uso no desporto. (4)

Conclusão

No seu conjunto, a evidência científica existente sugere que o Tribulus terrestris não aumenta os níveis de testosterona em indivíduos saudáveis(1), embora possa potenciar a libido e a função eréctil, possivelmente através de mecanismos dependentes do óxido nítrico(5).

Clique para mostrar/ocultar as referências

  1. Qureshi A, Naughton DP, Petroczi A. A systematic review on the herbal extract Tribulus terrestris and the roots of its putative aphrodisiac and performance enhancing effect. Journal of dietary supplements. 2014; 11(1):64-79.
  2. Rogerson S, Riches CJ, Jennings C, Weatherby RP, Meir RA, Marshall-Gradisnik SM. The effect of five weeks of Tribulus terrestris supplementation on muscle strength and body composition during preseason training in elite rugby league players. Journal of strength and conditioning research. 2007; 21(2):348-53.
  3. Neychev VK, Mitev VI. The aphrodisiac herb Tribulus terrestris does not influence the androgen production in young men. Journal of ethnopharmacology. 2005; 101(1-3):319-23.
  4. Pokrywka A, Obminski Z, Malczewska-Lenczowska J, Fijalek Z, Turek-Lepa E, Grucza R. Insights into Supplements with Tribulus Terrestris used by Athletes. Journal of human kinetics. 2014; 41:99-105.
  5. Neychev V, Mitev V. Pro-sexual and androgen enhancing effects of Tribulus terrestris L.: Fact or Fiction. Journal of ethnopharmacology. 2016; 179:345-55.