Treine os grandes grupos musculares em primeiro lugar

É provável que já tenha ouvido falar dos efeitos “promotores de crescimento” do agachamento, peso morto, etc. E também já saberá certamente que estes efeitos promotores do crescimento são supostamente derivados da resposta endócrina induzida pelos treinos.

Num estudo realizado recentemente na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil, os investigadores resolveram investigar e estudar melhor os efeitos e diferenças hormonais entre treinar em primeiro lugar os grandes grupos musculares ou os mais pequenos.

Os resultados indicam que as concentrações de hormona de crescimento aumentaram após ambas as sessões após a sequência em que os exercícios para os grandes grupos musculares foram realizados antes dos exercícios para os pequenos grupos musculares.

Não foram observadas diferenças entre as sessões para a TT [testosterona total], FT [testosterona livre], SHBG [Globulina ligadora de hormonas sexuais], C [cortisol], ou no rácio T/C [testosterona/cortisol] na linha de base ou imediatamente após o treino de musculação.

Os investigadores concluíram:

Esses resultados indicam que realizar em primeiro lugar exercícios para os grandes grupos musculares numa sessão de treino para a parte superior, conduz a respostas significativamente mais elevadas da hormona de crescimento.

O aumento da hormona de crescimento pode estar relacionado com o volume de treino, que foi significativamente mais elevado quando os 20 voluntários treinaram os grandes grupos musculares da parte superior antes dos grupos musculares pequenos.

Por isso, mesmo que fosse apenas uma questão de economia de treino, a antiga e clássica regra de treinar em primeiro lugar os grandes grupos musculares ainda tem lugar nos dias de hoje nos nossos planeamentos de treino.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Comentários fechados.