Tipos de agarre

Tipos de agarreO treino de musculação é uma das atividades físicas mais seguras que existe, mas ainda assim há pequenas escolhas que podem aumentar ou diminuir o risco de ocorrência de lesões ou de acidentes.

Uma dessas escolhas tem a ver com o tipo de agarre que as pessoas usam durante a realização dos exercícios, especialmente de exercícios como o supino com barra e o press militar com barra.

Infelizmente, o tipo de agarre usado é um dos aspetos mais negligenciados do treino de musculação.

Tipos de agarre

Vamos começar por descrever os três tipos básicos de agarre mais usados na musculação : Existe o agarre Normal, Falso e Hook.

 agarre normal Agarre falso Agarre hook
 NormalFalso Hook

Para surpresa de alguns, a verdade é que a grande maioria das pessoas, mesmo as que frequentam o ginásio há varios anos, não faz ideia de qual é o tipo de agarre mais correto ou seguro com o qual realizar exercícios como o supino.

Coloque essa questão um grupo de indivíduos e as respostas irão varias de acordo com as preferências pessoais de cada um.

Agora, existem algumas formas de aumentar o risco de ocorrência de acidentes graves no ginásio e uma delas é usando o agarre falso. Você pode perfeitamente colocar a mão na mesma posição com um agarre com o polegar ao redor da barra, sem o risco potencial de deixar cair a barra na cara, pescoço ou peitoral.

Uma das coisas mais parvas que se pode fazer quando se treina com pesos é usar o agarre falso. No vídeo abaixo pode ver o que por vezes acontece quem usa este tipo de agarre, também conhecido como agarre suicida.

http://youtu.be/CSP6Q8QZdmk

Como pode ver, a mudança de posição de apenas um dedo (o polegar) pode ter e neste caso teve consequências graves. O problema principal do agarre falso é que a barra pode começar a rolar (e não precisa de rolar muito) para acabar por deixar cair uma barra carregada de pesos no seu peito, pescoço ou cabeça.

Agora, existem pessoas que afirmam ter mais força ou sentirem-se mais confortáveis quando usam um agarre falso, mas isso são crenças erradas e as pessoas simplesmente habituaram-se dessa forma, tal como também se irão habituar a treinar com o agarre normal depois de algum tempo.

Não existe absolutamente nenhum motivo válido para justificar o uso do agarre falso. Não aumenta a força, eficiência do movimento nem nada do género. É mais um dos casos em que as pessoas fazem por viram a ser feito dessa maneira ou nunca ninguém as corrigiu e continuaram a realizar os exercícios dessa forma errada e potencialmente perigosa.

Para além disso, o agarre falso coloca a articulação dos punhos sob uma maior tensão do que o agarre normal, o que por sua vez poderá aumentar o risco de lesões nessas articulações.

Conclusão

Analisando as coisas de forma realista, podemos facilmente chegar à conclusão de que a função das mãos durante exercícios como o supino é a de impedir a barra de rodar, mantendo-a fixa e transmitir a força proveniente do seu peitoral e tríceps.

Preza a sua saúde, bem estar físico e quer treinar reduzindo ao mínimo o risco de ocorrência de acidentes no ginásio? Nesse caso deverá usar sempre o agarre normal ou Hook em detrimento do agarre falso.

A única forma de se poder utilizar o agarre falso sem riscos é realizando os exercícios (como o supino, press militar) numa jaula de potência ou multipower / máquina smith com os suportes de segurança à altura apropriada, de forma a que a barra nunca possa cair ou bater no seu corpo.

Fernando Ribeiro

Nutricionista no Moreirense Futebol Clube. Licenciado em nutrição pela FCNAUP. Também publica nos blogs nutrasports.net e footballmedicine.net.

Deixe uma resposta