Suplementos de mercado de massas: Veneno para ratos?

Estima-se que mais de 140 milhões de americanos estejam tomar suplementos dietéticos de mercado de massas (aka o consumidor típico). Na melhor das hipóteses, a maioria deles são inúteis, e na pior das hipóteses extremamente prejudiciais. Na verdade, esses suplementos poderiam ser facilmente substituídos por veneno para ratos de potência industrial – assumindo que conseguiria convencer ratos a ingeri-lo.

Não estou a exagerar – as marcas mais promovidas e mais usadas no mundo, tais como Centrum® ou One A Day®, incluem ingredientes também encontrados em laxantes, tinturas de cabelo, herbicidas, fungicidas, pesticidas, fertilizantes, cimento, colas, resinas, e sabe Deus mais o quê. Algumas destas substâncias são substâncias cancerígenas bem conhecidas, irritantes, alergénicas, e agentes causadores de defeitos de nascimento.

Não é de admirar que todos os tipos de suplementos, e não apenas os dirigidos para os consumidores típicos, tenham uma reputação tão má! Assim como um empregado de mesa Francês arrogante e condescendente, pode fazer parecer que todos os franceses pareçam reles, um suplemento mau, também pode fazer com que todos os suplementos fiquem mal vistos. A única diferença – ao contrário das iguarias francesas, é que os maus suplementos irão prejudicá-lo duas vezes: primeiro – ao não proporcionar os benefícios, segundo – ao envenená-lo.

Assim sendo, se estiver a tomar suplementos por motivos de saúde e de longevidade, no mínimo, não tome os de nível mais inferior. Há cinco principais categorias de suplementos para escolher: a do consumidor típico, genérico, natural, profissional e oportunista. Em geral, cada categoria sucessiva é mais cara do que o anterior. Os preços mais elevados reflectem em grande medida uma melhor qualidade. Mas nem sempre – também existe uma abundância de maus suplementos caros.

Aqui está uma breve descrição destas categorias principais. Depois de ler esta visão geral, deve ser capaz de determinar o grau de qualidade de vários suplementos por conta própria. Pode ficar descansado, que isto não é engenharia aeroespacial.

Suplementos do consumidor típico

Os suplementos de consumidor típico, são representados por produtos que você pode encontrar nas prateleiras dos  supermercado e farmácias, como o Centrum, One A Day, Nature’s Way, Theragran e genéricos. A maioria das lojas de alimentos saudáveis e sites especializados não irão revender os suplementos de consumidos típico por causa de preocupações relacionadas com a qualidade e eficiência.

As formulações dos suplementos de consumidor típico são baseadas em doses diárias recomendadas “padrão” desactualizadas. E são compostos pelos componentes mais baratos e menos eficientes, de forma maximizar o lucro. A “dose” diária completa é geralmente compactada num ou dois comprimidos.

Os suplementos de consumidor típico são optimizados para um período de vida de prateleira prolongado. Para mascarar a oxidação, odor da deterioração e descoloração e comum a todos os suplementos, os seus fabricantes usam corantes artificiais, conservantes e esmaltes.

Quando os críticos de suplementos falam sobre os suplementos em comprimidos que saem do corpo ainda completamente intactos – eles podem estar a referir-se a esses produtos. Considere, por exemplo, o conteúdo do One A Day Essential, tal como visto na ilustração abaixo:

À primeira vista, podem parecer compostos inofensivos…

A tabela de ingredientes do suplemento acima lista apenas 11 vitaminas, enquanto a lista de ingredientes abaixo indica 31 componentes. Estes 20 itens extras são material de enchimento, conservantes, excipientes, antioxidantes, esmaltes, adoçantes, corantes artificiais, pastas, desodorizantes, e outras substâncias tecnológicas utilizadas para dar forma e manter esta atrocidade unida e sólida.

Será que alguma dessas substâncias – croscaremellose sodium, silicon dioxide, hypromellose, crospovidone, strearic acid, FD&C Red#40 Lake, magnesium stearate, polyethylene glycol, resin, titanium dioxide, FD&C Blue #2 Lake – deveria fazer parte do seu corpo, quando apenas quer obter vitaminas?

Após a produção, estes suplementos passam por uma “cadeia de distribuição” complicada – contrato de fabricante, proprietário da marca, distribuidor, armazenamento, e retalhista. A cada passo desse percurso, é adicionada uma marca. Por isso, se comprar uma embalagem de um suplemento de consumidor típico por um valor de $9,95, na melhor das hipóteses ele poderá conter $0.50-$1,00 em valor de componentes, incluindo a sua embalagem.

Este negócio deve ser bastante lucrativo, considerando que atraiu a atenção das grandes empresas farmacêuticas, que agora estão por detrás de três das marcas de consumo mais proeminentes. A Wyeth Pharmaceuticals comercializa a marca Centrum, e a Bayer Group – o One A Day, a marca Nature Made – pertence à Otsuka Pharmaceutical Co., Ltd. (sob a marca Pharmavite nos EUA para ocultar suas origens offshore). A Bristol-Myers Squibb estava por trás do Theragran, embora pareça que agora é propriedade da cadeia de ervanárias Walgreens.

Considerando todo o acima, eu não tomaria esses suplementos, pela mesma razão que não comeria lodo. Estes suplementos são melhores do que nada? Bem, chegue as suas próprias conclusões, depois de ler esta página até ao fim.

Suplementos genéricos

Os suplementos genéricos são marcas próprias da propriedade de companhias de distribuição  como a RiteAid, CVS, Walgreens, GNC, a Whole Foods, Vitamin Shoppe, e outras. A qualidade das marcas próprias variam do nível de suplementos de consumidor típico nas cadeias de farmácias e supermercados ao  nível do “natural” nas lojas GNC, a Whole Foods, e Vitamin Shoppe.

Suplementos naturais

A designação “suplementos naturais” é um jargão comercial para os produtos comercializados por empresas com marcas bem estabelecidas de lojas de produtos naturais, tais como a Country Life, Schiff, Twinlab, Solgar, Kal, Nature’s Way, e muitos outros listados aqui. A qualidade dos suplementos naturais varia de medíocre a bom, dependendo do fabricante e do produto. Muitas marcas, tais como a GNC e Vitamin Shoppe, geralmente são “naturais”.

As razões destes suplementos serem chamados de “naturais” é porque os fabricantes evitar o uso de corantes artificiais e produtos de enchimento alergénicos, e dão preferência a componentes naturais.

Há cerca de uma década atrás, quase todos os suplementos naturais eram fabricados nos Estados Unidos a partir de componentes nacionais ou europeus. Desde então, a China tornou-se o maior fornecedor mundial desses ingredientes, que são substancialmente menos caros do que os seus homólogos norte-americanos ou produzidos na Europa.

Não surpreendentemente, a maioria dos fabricantes de suplementos adquirem os seus ingredientes a partir dos fornecedores mais baratos – apesar da inflação substancial, os preços da maioria dos suplementos naturais são menores hoje do que eram há uma década. As embalagens ainda podem dizer “Made in EUA,” enquanto eles na verdade deveriam dizer, “Embalado nos EUA.”

Por isso, não fiquei surpreendido ao ler o seguinte relatório no PRNewswire:

“As investigações indicam que quase 25 por cento dos suplementos estão contaminados com esteróides, estimulantes e substâncias proibidas […] Foram adquiridos cinquenta e oito suplementos em lojas de cadeias de venda de suplementos e de sites da Internet nos Estados Unidos e posteriormente enviados para análise no * HFL, O laboratório anti-doping mais experiente do mundo no campo de testes de suplementos. Vinte e cinco por cento das amostras mostraram a presença de contaminação de esteróides, enquanto 11 por cento mostraram a existência de estimulantes. “[Link]

Não estou de modo algum a sugerir que todos os ingredientes offshore são inferiores ou menos potentes – alguns são, outros não. Mas tal como com todos os outros aspectos da produção offshore, os controlos de qualidade farmacêutica na China podem não ser tão rigorosos como nos Estados Unidos porque o conceito de responsabilidade do produto não é o mesmo que no Ocidente. Sim, eles podem ter prendido ou morto a tiro um infractor ocasional flagrante em frente da multidão do estádio, mas eu duvido muito que esses assassinatos públicos melhorem a qualidade dos suplementos.

No entanto, a maioria dos suplementos naturais representam um valor decente, e geralmente apresentam formulações mais generosas, ingredientes de melhor qualidade, uma menor alergenicidade e melhor digestibilidade do que os seus análogos consumidores da classe do consumidor típico.

Suplementos profissionais

Os suplementos “profissionais” são comercializados por profissionais, como médicos, nutricionistas, quiropráticos, nutricionistas, conselheiros de perda de peso, fisioterapeutas, personal trainers, entre outros.

Existem uma boa razão para que os suplementos “profissionais” de um profissional médico respeitável tenham uma maior qualidade do que a maioria dos outros – os especialistas que os vendem aos seus pacientes recebem um feedback imediato quando algo não está certo. E nenhum profissional médico de mente sã irá querer criar problemas aos pacientes cujos pagamentos por serviços profissionais representam uma parte importante dos seus rendimentos em relação à renda auxiliar com a venda dos suplementos.

Suplementos nutricionais anti-envelhecimento – os que eu mesmo uso e recomendo aos meus leitores – também pertencem à categoria “profissional”.  Escolhi-os após um bom período de reflexão e atenção – não por razões de lucro, mas porque a minha família e eu também os estamos a tomar. Eles foram aperfeiçoados ao longo dos últimos oito anos com a ajuda do feedback dos clientes.

Os suplementos não são todos iguais. O grau de qualidade, pureza, digestibilidade, estabilidade, biodisponibilidade, e outros factores, variam substancialmente. Compare, por exemplo, os componentes presentes no Centrum vs Ageless Nutrition’s Morning e Evening packs:

MineralFonte no CentrumNos “packs” anti-envelhecimento
CálcioCarbonato de cálcio de cálcio, giz – conhecido irritante respiratório; mesmo material utilizado no cimento e antiácidos comuns; provoca obstipação; interfere com a digestão gástrica e provoca um atraso do esvaziamento do estômago e DRGE. Citrato de cálcio / Complexo de ascorbato
 MagnésioÓxido de magnésio – um laxante comum, irritante para os olhos e sistema respiratório, digestibilidade muito baixa. [Link] Citrato de magnésio / Complexo de ascorbato
 Crómio Picolinato de crómio Ligado orgânicamente com actividade GTF baixa alerginicidade
 Cobre Sulfato de cobre cúprico – herbicida principais, fungicida e pesticida, usado em tinturas de cabelo. [Link] Quelado com aminoácido
 Ferro Fumarato de ferro Fórmula livre de ferro
 ManganésioSulfato de Manganésio – fertilizantes, veneno de categoria 3 (grave). [Link]  Complexo de aspartato
 Níquel Sulfato de Níquel – um conhecido cancerígeno e teratogénico (substância que provoca defeitos de nascimento). [Link]  Elementos trace de vegetação marinha
 PotássioCloreto de potássio Complexo de aspartato de potássio
 Iodo Iodeto de Potássio – irritante leve, tem um efeito adverso sobre a glândula da tiróide, agente anti-radiação. [Link]  Kelp
 Molibdénio Sódio molibdênio Molibdato – fertilizante comum, conhecido irritante. [Link] Krebs de molibdénio
 Selénio Sódio de selénio (Na2SeO3) – semelhante ao selenito de sódio (Na2SeO4), substância cancerígena experimental, substância altamente tóxica. [Link] Krebs de selénio e Kelp orgânico
 Zinco Óxido de zinco – Prejudicial se inalado. Irritante para para os olhos e sistema respiratório. Usado em pomadas anti-sépticas e cremes de protecção solar [Link] Quelado com aminoácidos

Todos os minerais no Centrum, com excepção do picolinato de cromo e fumarato ferroso, são sais inorgânicos baratíssimo que são os menos eficientes em termos de biodisponibilidade e digestão. Quase todos eles são conhecidos por serem tóxicos em quantidades elevadas.

Se ainda está épico em relação a todas estas “alegações ultrajantes”,  pode verificar os links relacionados. Por motivos de segurança, sugiro fortemente que tome os seus medicamentos para a pressão arterial e / ou para o coração antes de ler os links – irá verificar que as informações são chocantes, principalmente se tem tomado suplementos como Centrum de forma habitual.

Ao contrário dos suplementos de consumidor típico, os de nível profissional, como os da Ageless Nutrition, usam componentes com tecnologia de ponta, ligados organicamente (quelato, Krebs, aspartato) ou naturais (Kelp), ou patenteados (Chromium GTF, Krebs) para cada mineral individual, de forma a garantir a assimilação ideal, alta biodisponibilidade e uma segurança máxima.

É mais difícil comparar vitaminas do que minerais porque a sua proveniência exacta não é indicada no rótulo, mas tenho certeza de que os suplementos nutricionais anti-envelhecimento são igualmente superiores a esse nível.

Os suplementos de grau profissional são livres de produtos de “enchimento”, corantes e estabilizadores de qualquer tipo. Esta comparação diz-lhe tudo: um comprimido de Centrum vs. 9 cápsulas, 3 gelcaps, e 1 comprimido num pack diário da Ageless Nutrition:

CentrumAgeless Nutrition
Triglicerídeos de cadeia média*Celulose
Maltodextrina (agente de enchimento)Sílica (agente de ligação), (agente de fluxo inerte)
 Gelatina (agente de enchimento)Gelatina, estearato de vegetais (aglutinante) (componente de cápsula)
 Ácido cítrico anidro (conservante) Glicerina natural (cápsula)
 Ascorbil palmitato (antioxidante, E304) Água (cápsula)
 Butil-hidroxitolueno (BHT, E321, antioxidante)Folhas de alfafa (base natural para comprimidos C-500)
 Ácido bórico (anti-séptico e inseticida) Rose hips (uma fonte de bioflavanóides)
 Estearato de cálcio (agente de fluxo) Gelatina (comprimidos moles)
 Amido de milho (agente de enchimento)
Crospovidona (PVP, E1201, agente de ligação)
Fosfato de cálcio dibásico (agente de comprimidos)
FD & C Yellow 6 Aluminum Lake (corantes artificiais)
 Óleo de palma hidrogenado*
Hipromelose (absorvente de água, agente de liberação sustentada)
Celulose microcristalina (E460i), excipiente (agente de enchimento) e agente de ligação
Polietileno glicol (lubrificante vaginal, agente de liberação sustentada, e laxante.)
 álcool de polivinila (aglutinante)
Amido de milho pré-gelatinizado (agente de enchimento)
Dióxido de silício (excipiente)
Ascorbato de sódio (conservante)
Benzoato de sódio (conservante)
Citrato de sódio (agente aromatizante)
Metavanadate de sódio (agente de hidratação)
Ácido sórbico (conservante, E200)
Cloreto estanoso (E512, agente de retenção de cor e antioxidante)
Sacarose (agente de açúcar, aromatizante)
Talco (E553b, agente de fluxo)
Dióxido de titânio (E171 corante)
Tricálcio fosfato (E341, anti-aglomerante)
Amido modificado (agente de enchimento)

* Uso desconhecido

Esta tabela deve dar-lhe uma boa ideia do que poderá estar a ingerir juntamente com uma quantidade escassa de vitaminas e minerais. Alguns desses agentes listados acima são substâncias conhecidas por serem irritantes, cancerígenas, antiácidas, laxativas, e assim por diante. Talvez um comprimido por dia não venha a provocar muitos danos, mas ao longo dos anos, e juntamente com todo o lixo dos alimentos processados, teremos uma mistura nada boa.

Suplementos oportunistas

Os suplementos “oportunistas” são promovidos e vendidos por numerosas empresas tais como a Sunrider, Herbalife, Rexall, Amway, Nu Skin, e algumas menos conhecidos. Vigaristas ocasionais e alimentadores inferiores são vistas vendendo suplementos na TV a cabo e Internet.

Estes suplementos tendem a ser os mais caros – os preços são hiper-inflacionados para criar uma ilusão de qualidade e eficácia e para justificar as suas proezas “curativas”. A qualidade real pode variar de puro lixo puro a profissional, dependendo do promotor.

Se me questionar acerca da qualidade de “outros suplementos do povo”, não irei ter bastante informação pertinente para responder à sua pergunta de forma objectiva e sem viés. Há, no entanto, vários critérios óbvios que pode usar para uma verificação rápida da realidade:

Os multivitamínicos de nível profissional têm um cheiro característico natural, porque os produtores não usam esmaltes para o ocultar.

Os suplementos de nível profissional usam cápsulas transparentes, gelcaps, ou comprimidos transparentes. A presença de qualquer cor sólida ou metálica, indica o uso de corantes artificiais e/ou esmaltes para ocultar o conteúdo.

Os suplementos de grau profissional são embalados principalmente em cápsulas e gelcaps para que sejam mais fáceis de tomar, e se desintegrem mais rapidamente. Quando os comprimidos são inevitáveis, é usada uma base natural para formar o comprimido.

Em última análise, a qualidade de qualquer suplemento pode ser determinada no laboratório e observando os seus efeitos a longo prazo enquanto os toma. Se prefere não ser uma cobaia humana, basta ler os rótulos e adquirir os seus suplementos a partir de uma fonte respeitável.

Avatar

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Comentários fechados.