Suplementos de aminoácidos prolongam a vida de ratos

Quando ratos recebem água potável contaminada com uma mistura especial de aminoácidos, Vivem durante mais tempo que o rato comum, de acordo com um novo relatório da edição de Outubro da “Cell Metabolism”, uma publicação da Cell Press.

Os principais Ingredientes da mistura de suplementos são os chamados aminoácidos de cadeia ramificada, que representam três dos 20 aminoácidos (especificamente isoleucina leucina, valina e isoleucina) que são os blocos de construção das proteínas.

“Esta é a primeira demonstração de que uma mistura de aminoácidos pode aumentar a sobrevivência de ratos”, afirmou Enzo Nisoli da Universidade de Milão, em Itália. É de notar que no ano anterior, os investigadores demonstraram que a leucina, isoleucina e valina prolongam a vida de leveduras unicelulares.

No novo estudo, os investigadores deram a ratos machos de meia-idade, uma dose extra de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) incluída na água potável. Aparte isso, os animais eram saudáveis ​​e ingeriam uma ração comum para ratos.

Os animais que receberam a quantidade extra de aminoácidos durante um período de tempo viveram durante mais, com uma duração de vida média de 869 Dias, comparado com os 774 dias animais de controlo sem tratamento. Isso é um aumento de 12 por cento.

“Esses” ganhos de dias extra de vida, foram acompanhados por um aumento da mitocôndria dos músculos cardíacos e esqueléticos. As mitocôndrias são os componentes celulares responsáveis pela produção de energia nas células. Os ratos alimentados com o suplemento também demonstraram um aumento da actividade da SIRT1, o bem conhecido gene da longevidade, e do sistema de defesa que combate os radicais livres. Sendo que esses ratos mostraram menos sinais de danos oxidativos.

Os benefícios dos suplementos de aminoácidos parecem ser  semelhantes àqueles que foram atribuídos à restrição calórica, Disse Nisoli.

Os investigadores afirmaram que, os animais tratados também apresentaram melhoras nos exercícios de resistência e de coordenação motora. (É importante notar que os animais do corrente estudo eram todos machos. Eles também planeiam testar estes efeitos em fêmeas em futuros estudos.)

As descobertas em ratos mais velhos sugerem que a mistura de suplementos poderá ser especificamente benéfica para as pessoas idosas ou doentes.

Poderá não ser útil para as pessoas jovens para os culturistas que já se encontram em boas condições. Mas pode ser uma boa estratégia preventiva, enfatizando que os ratos que eles estudaram estavam apenas envelhecidos, não doentes.

Nisoli enfatizou que o consumo de suplementos de aminoácidos é diferente de consumir proteínas que contêm esses aminoácidos. Isso é porque não necessitam de ser digeridos, e podem entrar imediatamente na corrente sanguínea. “Eles não requerem custos de energia.”

Ele suspeita que os suplementos nutricionais de BCAA´s podem ser particularmente úteis para as pessoas com Insuficiência cardíaca, a condição de perda de massa muscular conhecida como sarcopénia, Doença pulmonar obstrutiva crónica, ou outras condições caracterizadas por defeitos de energia. Na Verdade, já existem alguns pequenos estudos em humanos que suportam essa ideia, e os suplementos de BCAA´s já estão disponíveis em muitos países, Incluindo em Itália.

O Desafio, diz Nisoli, será convencer os médicos de que esses suplementos poderão ser benéficos para os seus pacientes. E afirma que é necessário um grande estudo clínico, mas existe pouco incentivo para as companhias realizarem tais estudos ao contrário das empresas de fármacos.

Em Geral, Nisoli afirmou que o novo trabalho suporta “uma filosofia nutricional geral de apoio à doença, envelhecimento e problemas de energia.”

Fonte!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário

Siga-nos por Email
RSS
Instagram