Suplemento de potássio torna o metabolismo da proteína mais eficiente

As pessoas idosas que ingerem quantidades elevadas de potássio a partir da ingestão de fruta e vegetais, possuem mais massa magra do que os idosos que consomem pouco potássio, isto de acordo com uma investigação publicada recentemente. Nos anos 90, nutricionistas realizaram uma experiência a partir da qual você poderá deduzir que uma dieta rica em potássio, poderá resultar em mais massa muscular.

Na experiência, os investigadores administraram a 40 mulheres com idades entre os 51 e 77, entre seis e a 12 gramas de carbonato de potássio por um período de 18 dias. O bicarbonato de potássio é um componente dos vegetais e fruta que torna o nosso organismo menos ácido.

Os investigadores mediram a quantidade de nitrogénio presente na urina das mulheres, antes, durante de após a ingestão do suplemento. Pode ver os resultados abaixo.

Tabela 1

Durante o período em que as mulheres tomaram o bicarbonato de potássio, a quantidade de nitrogénio na urina desceu por um total de 14 gramas.

Quando cessaram a administração do suplemento. A quantidade de nitrogénio presente na urina, aumentou de novo.

Tal como poderia esperar, durante o período de suplementação, a excreção de ácido pela urina, diminuiu.

Tabela 2

Mais tarde, os investigadores fizeram um cálculo que os leitores praticantes de musculação deste site, poderão achar interessante.

Um quilo de massa corporal magra no organismo, contém 32 gramas de nitrogénio. 14 gramas de nitrogénio – a quantidade de nitrogénio que foi poupada nas urina das voluntárias – representa 0.44 kg de massa corporal magra.

Um ganho interessante. Para uma experiência que durou apenas 18 dias.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário