Sumo de cereja reduz a dor muscular induzida pelo exercício

Têm sido usadas muitas abordagens para tentar evitar as dores e danos musculares que decorrem após o exercício, mas segundo os autores do presente estudo, poucos têm sido eficazes.

Foram convidados catorze voluntários para beberem sumo fresco de cereja misturada com suco de maçã comercial, duas vezes por dia durante três dias antes do exercício e durante quatro dias mais tarde, ou a beber uma mistura fictícia que não continha nenhuma quantidade de sumo de cereja.

A mistura composta era composta por 0,34 l de líquido, o equivalente ao sumo de 50-60 cerejas. A fruta contém antioxidantes e muitos agentes anti-inflamatórios.

O exercício foi classificado como sendo “excêntrico”, o que se refere a um tipo de contracções em que o músculo é alongado, tal como caminhadas em colinas ou treino de musculação, ou qualquer tipo de exercício não tenha sido realizado anteriormente de forma habitual.

Neste caso, os voluntários flectiram e aplicaram tensão num braço, 20 vezes.

Foram avaliadas a rigidez, capacidade de movimento e a força do músculo, em cada um dos dias antes e após o exercício, usando peças padrão de equipamentos concebidos para o efeito. E os voluntários avaliaram sua própria dor muscular numa escala de 1 a 10.

Todo o processo foi repetido mais uma vez, duas semanas depois, sendo que aqueles que tinham tomado a mistura fictícia, desta vez beberam o sumo de cereja, e vice-versa. Também foi utilizado o outro braço.

Houve uma diferença significativa no grau de perda de força muscular entre os que beberam a mistura de sumo de cereja e aqueles que tomaram a mistura fictícia.

Este diminuiu em 22 pontos percentuais nos que beberam a mistura fictícia, mas diminuiu em apenas 4 pontos percentuais nos que beberam sumo de cereja. A força muscular até melhorou um pouco após 96 horas nos que beberam sumo de cereja.

O grau de dor não foi muito diferente entre os dois grupos, mas o índice médio de dor foi significativamente menor naqueles que beberam sumo de cereja.

O nível médio de dor ficou em 3,2 para aqueles que beberam a mistura fictícia e em 2,4 para aqueles que beberam o sumo de cereja.

A dor também atingiu um máximo de 24 horas para aqueles que beberam sumo de cereja, mas continuou a aumentar de forma subsequente durante as 48 horas posteriores, para aqueles que ingeriram a mistura fictícia.

Fonte!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.