Restringir o fluxo de sangue faz com que os músculos cresçam

Experimente isto: restrinja o fornecimento de sangue para as pernas na zona das virilhas e vá correr num tapete rolante. Faça dois minutos de “sprints” de 100 metros, cinco vezes por cada sessão de treino.

Faça isso cinco vezes por semana durante três semanas. De acordo com esta pesquisa japonesa, irá conseguir obter um crescimento muscular sem precedentes.

Já à algum tempo que os japoneses têm vindo a fazer investigação com treinos musculares a níveis de baixa intensidade com uma diminuição do fornecimento sanguíneo para os músculos. Eles esperam que, nestas condições os músculos crescem mais rápido e que “o treino com circulação restrita de sangue venoso”, como é chamado, possa ajudar as pessoas que não podem realizar o habitual treino de musculação para desenvolver força e massa muscular. Como os idosos, por exemplo.

O treino de musculação só “funciona” com uma carga que seja, pelo menos, 65 por cento de 1RM. 1RM é a quantidade máxima de peso que você consegue levantar correctamente por apenas uma repetição.

Os investigadores aplicaram aos seus voluntários um cinto que restringiu o fornecimento de sangue para as pernas, e depois colocaram-nos a andar num tapete rolante. A foto acima mostra a configuração. O grupo de controlo andou sem o uso de cinto e consequentemente, sem restrição de circulação sanguínea.

A produção da hormona de crescimento aumentou consideravelmente durante e após a sessão. A concentração de cortisol (que destrói os músculos) manteve-se baixa.

Tabela 1

Os pesquisadores também mediram a testosterona livre, IGF-1 e suas proteínas de ligação, e marcadores de lesão muscular. Nesse aspecto, não verificaram alterações.

O treino no tapete rolante levou a um crescimento dramático do tecido muscular, tal como mostra o gráfico abaixo. Kaatsu-walk = andar com diminuição do fluxo sanguíneo.

Tabela 2

As fotos abaixo são de imagens de ressonância magnética. A foto superior mostra os resultados do scan das duas pernas de um voluntário do estudo antes da experiência. A foto mais abaixo é de um scan das pernas da mesma pessoa no final da experiência.

Imagens de ressonância magnética.

Ah, sim.

Os indivíduos do teste ficaram mais fortes e musculosos por andarem com cintos amarrados à volta das virilhas.

Tabela 3

Os investigadores ainda não sabem exactamente como é que funciona o efeito anabólico do treino com restrita venosa de sangue. A teoria que eles propõem, é que a restrição do fluxo de sangue para as células musculares activa o transportador de glicose GLUT4. Mas eles não têm muitas provas para apoiar essa teoria.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.