Porque algumas pessoas desistem e outras não?

Ao longo dos meus 18 anos na indústria do fitness como instrutor, consultor de nutrição e treinador motivacional, tenho notado que algumas das pessoas que começam um programa de nutrição e exercício desistem muito facilmente, depois de embaterem no primeiro obstáculo que encontram.

Se essas pessoas sentem o mais mínimo nível de desânimo ou frustração, elas vão abandonar até mesmo os seus maiores objectivos e sonhos.

Por outro lado, notei que algumas pessoas simplesmente NUNCA desistem. Elas possuem uma persistência feroz e nunca deixam de tentar atingir os seus objectivos. Essas pessoas são como um bulldog que se recusa a retirar os seus dentes de um osso. Com quanto mais força você tentar puxar o osso para fora da boca, com mais força irá o cão apertar o osso.

Qual é a diferença entre estes dois tipos de pessoas? Os psicólogos afirmam que existe uma resposta.

Uma directriz de extrema importância para alcançar o sucesso no fitness é o conceito de que “Não existe a falha; apenas feedback. Você não “falha”, você apenas obtém resultados”.

Este é o princípio fundamental do campo da Programação Neurolinguística (PNL), e a primeira vez que eu ouvi isto foi do especialista de alto rendimento desportivo, Anthony Robbins no final de 1980. É um princípio que ficou comigo desde então, porque é uma mudança de mentalidade muito, muito poderosa.

Muitas pessoas irão pensar duas vezes, vão abandonar e desistir, simplesmente porque o que eles procuram em primeiro lugar não funciona. Eles consideram isso uma falha permanente, mas tudo o que precisam é de uma mudança de atitude, uma mudança de mentalidade, ou o que chamamos de “resignificação”.

Em vez de dizerem: “Eu falhei”, podem dizer para si mesmas: “Eu produzi um resultado” e “Isto é apenas temporário.” Essa mudança de perspectiva vai mudar a maneira como eles se sentem e como elas interpretam e processam a experiência em termos mentais. Ela transforma-se numa oportunidade de aprendizagem e num feedback valioso para uma correcção do rumo a seguir, em vez de um fracasso, e isso impulsiona uma actividade e movimentos contínuos.

É tudo acerca dos seus resultados e a sua interpretação desses resultados

O Dr. Martin Seligman, professor de psicologia da Universidade da Pensilvânia, fez algumas pesquisas incríveis sobre o assunto e escreveu acerca disso no seu livro, Optimismo Aprendido. Seligman percebeu que a diferença entre as pessoas que desistem e as pessoas que persistem e nunca desistem é o que ele se referia como “estilo explicativo”. Ele disse que o estilo explicativo é a nossa forma de explicar ou interpretar os maus acontecimentos ou fracassos.

As pessoas que habitualmente desistem, têm um estilo explicativo da permanência. Por exemplo, elas atingem um bloqueio nos seus progressos e explicam-no  dizendo: “as dietas nunca funcionam” ou “eu tenho uma má genética e por isso vou ser sempre gordo.” Essas explicações implicam permanência.

Outras pessoas atingem os mesmos bloqueios e encontram os mesmos desafios, mas explicam-nos de forma diferente. Eles dizem coisas como “Eu comi várias “cheat-meals” esta semana”, ou “ainda não encontrei a dieta ideal para o meu tipo de corpo.” Essas explicações dos resultados implicam que sejam temporários.

Pessoas que vêem os resultados negativos como incapacidade permanente são aqueles que desistem facilmente e muitas vezes generalizam e transferem o seu “fracasso” para outras áreas das suas vidas e até mesmo para a sua auto-estima. Uma coisa é afirmar, “Eu comi mal na semana passada porque estava em viagem,” (a crença sobre o comportamento temporário e o meio ambiente), e outra coisa é dizer: “Eu sou uma pessoa gorda por causa da minha genética” (a crença sobre a identidade com um sentido de permanência). Lembre-se, a gordura corporal é uma condição temporária, não é uma pessoa!

As pessoas que vêem os obstáculos e desafios como sendo temporário e como valiosas experiências de aprendizagem, são aquelas que nunca desistem. Se você aprender com suas experiências, não repetindo o que não funcionou no passado, e se você optar por nunca desistir, o seu sucesso será inevitável.

Autor: Tom Venuto!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário