Os suplementos de whey reduzem a tensão arterial

Esta proteína de baixo custo proporciona resultados em pessoas com a tensão arterial elevada.

Um estudo realizado na Universidade de Washington, descobriu que, bebidas à base de proteína whey, podem reduzir a tensão elevada de forma significativa, diminuindo assim o risco de vir a sofrer ataques cardíacos, problemas cardíacos e AVC´s.

Esta investigação, liderada pela bioquímica nutricionista Susan Fluegel e publicada no International Dairy Journal, descobriu que a ingestão diária de um suplemento comum e comercialmente disponível, a whey, proporcionou uma redução de mais de seis pontos na média da tensão arterial de homens e mulheres com tensão arterial sistólica e diastólica elevada.

Embora no estudo tenham participado apenas 71 jovens estudantes com idades entre os 18 e 26, Fluegel afirma que as pessoas com mais idade poderão provavelmente, obter resultados semelhantes.

Fluegel, uma instrutora bioquímica nutricionista interessada em tratar doenças através de mudanças na nutrição e exercício, afirmou:

Umas das coisas de que gosto acerca deste suplemento, é o facto de ter um custo baixo, e para além disso, ainda não se provou que a proteína whey possa ser de alguma forma prejudicial.

Terry Shultz, co-autor e professor no departamento de ciência alimentar e nutrição humana da mesma universidade, afirmou que as descobertas têm implicações práticas para a saúde pessoal bem como para a industria dos lacticínios.

Estas são descobertas muito interessantes, pelo que sei, isto ainda não tinha sido demonstrado anteriormente.

O estudo, que Fluegel realizou para o seu doutoramento em bioquímica nutricional, nota que, investigadores de um estudo realizado em 2007, não encontraram diferenças na tensão arterial de pessoas que ingerirem uma bebida à base de proteína whey. Ao principio, ela também não observou melhorias consistentes.

Mas depois pensou em dividir os seus voluntários em diferentes grupos e descobriu melhorias significativas naqueles com diferentes tipos de tensão arterial. As melhorias começaram na primeira semana do estudo, e duraram até ao final das seis semanas.

O suplemento, disponível em vários sabores e desenvolvido em “Creamery WSU, não baixou a tensão arterial dos indivíduos que não sofriam de tensão arterial elevada. Isso é bom, afirmou Fluegel, já que a tensão arterial baixa também pode ser um problema.

Outros estudos, verificaram que as reduções na tensão arterial como as observadas neste estudo de Fluegel, podem reduzir as doenças cardíacas e proporcionar uma redução de 35 a 40% dos ataques cardíacos.

Benefícios para a saúde aparte, os investigadores estão entusiasmados com a perspectiva de potenciarem o mercado para a whey, um subproduto da produção de queijo, que muitas vezes tem de ser eliminado com alguns custos. Shannon Neibergs, uma economista da WSU afirmou:

O seu potencial económico ainda não é claro, mas qualquer uso positivo desse produto, irá ser benéfico.

Vários produtores de suplementos contribuíram com produto para a realização do estudo, que foi parcialmente fundado pela Washington Dairy Products Commission. Nenhum dos contribuidores participou na análise dos dados ou na escrita do relatório.

Fonte!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.