Os optimistas vivem mais tempo

Os optimistas vivem mais tempo

O optimismo prolonga a nossa vida, isto segundo o que descobriram investigadores holandeses depois de terem seguido quase mil pessoas com idades entre os 65 e os 85 anos durante uma média de nove anos.

O estudo, que foi publicado em 2004, em “Archives of General Psychiatry”, sugere que o optimismo reduz quase todas as causas de mortalidade.

Muitos cientistas têm observado uma relação entre o optimismo e uma boa saúde. Por exemplo, há estudos que sugerem que homens mais velhos com uma visão optimista da vida são menos propensos a sofrer de ataques cardíacos do que os seus companheiros com uma visão mais sombria, e que os homens optimistas que se submetem a cirurgias ao coração têm menos complicações do que os homens mais pessimistas e que os homens optimistas com um novo coração são mais saudáveis ​​do que os pessimistas proprietários de um coração novo.

Com base nesses estudos, também seria de esperar que os optimistas vivem mais tempo do que os pessimistas. Os investigadores realizaram o estudo para descobrir se realmente é isso que acontece.

Eles apresentaram aos seus idosos perguntas às quais poderiam concordar ou discordar. As perguntas eram do tipo “Muitas vezes sinto que a vida está cheia de promessas”, “Eu ainda tenho muitas metas a atingir” e “Tenho muitos momentos de felicidade na minha vida”.

Nove anos depois dos indivíduos terem completado o questionário revelou-se que o optimismo reduziu a probabilidade de morte tanto para os homens como para as mulheres.

Tabela 1
Tabela 2
Tabela 3 e 4

Quando os investigadores separaram os resultados para a morte causada por doença cardiovascular e morte por outras causas, verificou-se que o optimismo protegeu contra ambas as causas de mortalidade. Os dois valores acima são para os homens, mas os números para as mulheres são comparáveis.

Os pesquisadores acreditam que uma das razões pela qual os optimistas vivem mais é que eles pensam que são mais propensos a serem recompensados pelos esforços que fazem, como a realização de exercício físico e orientação para um estilo de vida saudável, tais como não fumar e não beber.

Os investigadores escreveram:

“Uma pessoa optimista pode ser mais propensa a ter hábitos que melhoram a saúde ou a um processo de recuperação. Por exemplo, eles podem aderir e cumprir melhor os seus regimes de tratamento médico.”

Referência!

Avatar

Siga-nos através das redes sociais.