O treino de musculação com superséries queima umas 300 calorias adicionais

Já deve ter lido em artigos anteriores deste e de outros sites, que as superséries são uma boa forma de obter definição. E isso é verdade. Cientistas de desporto da Universidade de Syracuse, em Nova York confirmaram isso num estudo.

Uma sessão de treino com superséries queima mais 300 calorias do que uma sessão de treino de musculação normal, graças ao fenómeno EPOC.

As superséries são séries combinadas de forma a treinar em sequência (sem descanso) os grupos musculares que usa em movimentos opostos. Desta forma, primeiro faz uma série de um exercício para os bíceps, seguido imediatamente por uma série de um exercício para os tríceps. E só depois descansa.

Num segundo exemplo. Primeiro faz uma série de um exercício para os quadríceps, seguida imediatamente por uma série de um exercício para os femorais – e só então irá descansar. E mais ainda num terceiro exemplo. Primeiro faz uma série de um exercício para o peitoral, e depois uma série de um exercício para os dorsais – e só depois descansará… Já deve ter compreendido o conceito.

Os investigadores realizaram uma experiência com 10 alunos, com a idade média de 21, dois quais todos tinham vindo a praticar musculação 2-4 vezes por semana, durante pelo menos seis meses. Os voluntários do teste tinham que realizar 2 sessões de treino. Numa ocasião, os alunos realizaram um pequeno treino de corpo inteiro tradicional, e noutra ocasião realizaram um treino com superséries. A figura abaixo dá-lhe uma ideia das 2 sessões de treino diferentes. A = treino com superséries =, B =treino tradicional.

Os voluntários realizaram 6 exercícios diferentes, e para cada um, realizaram 4 séries de 10 repetições. A carga foi de 70 por cento do peso com que os indivíduos conseguiriam apenas fazer apenas 1 repetição – a 1RM. Os períodos de descanso duraram apenas um minuto.

Durante a sessão de treino com superséries, os voluntários queimaram mais energia por minuto. A figura abaixo mostra o número de kJ.

O treino de superséries demorou 31 minutos a ser concluído e o treino tradicional demorou uns 40 minutos. É por isso que os voluntários despenderam a mesma quantidade total de energia em ambos os tipos de treino – cerca de 250 kcal.

Mas as diferenças mais interessantes foram notadas após a sessão de treino. Os investigadores registaram a quantidade de energia que os indivíduos queimaram na primeira hora após o treino ter sido concluído, e verificaram que os voluntários despenderam mais energia por minuto após o treino com superséries. A figura abaixo mostra os valores em KJS e não em kcals.

Durante a primeira hora após o treino, os voluntários despenderam 856 kcal depois de uma sessão de treino tradicional. Depois de um treino com superséries, despenderam mais  281 kcal: 1137 kcal. Acredite ou não.

Tendo em conta os dados deste estudo, estas são boas notícias para os atletas de musculação que não querem fazer treinos cardiovasculares, pois irão ter uma alternativa na forma de superséries.

Referencia!

Deixe uma resposta