O óleo de peixe reduz a gordura abdominal

Se der 3 gramas de óleo de peixe em forma de cápsula a mulheres, a gordura à volta da sua secção média, diminui.

Investigadores da “Inserm” em França, descobriram isso quando realizaram uma experiência com 2 meses de duração em que participaram 30 mulheres que sofriam de diabetes tipo 2.

Os ácidos gordos derivados do peixe atrasam o crescimento das células adiposas. Se tomar um suplemento de óleo de peixe – ou comer peixe de forma regular enquanto faz dieta, a sua perda de peso irá ocorrer de forma mais rápida.

A perda de peso decorrente da realização de exercício físico também irá ser mais rápida se aumentar a quantidade de óleo de peixe que ingere. Este efeito ocorre porque os ácidos gordos do peixe aumentam a queima de gordura nos músculos.

No entanto, muitos dos efeitos positivos obtidos com os ácidos gordos de peixe por outros investigadores, foram resultado de doses elevadas. Os investigadores franceses decidiram verificar se uma dose modesta de suplemento (cerca de 3 gramas de óleo de peixe por dia) teria algum efeito.

Isto equivale a 3 grandes cápsulas por dia. Na experiência, as cápsulas grandes que os voluntários ingeriram proporcionaram uma dose de 1.8 gramas de ácidos gordos (1.1 gramas de EPA e 0.7 gramas de DHA).

Metade das voluntárias receberam cápsulas de óleo de peixe, a outra metade recebeu um placebo. O efeito da suplementação com as cápsulas de peixe, podem ser visualizadas abaixo. NS= Não é estatisticamente significativo. Onde as figuras aparecem na tabela, o efeito foi significativo. Quanto mais baixos forem os números, mais forte o efeito.

Tabela 1
Tabela 2

As utilizadoras das cápsulas de óleo de peixe perderam uma média de um quilo; o grupo de placebo manteve o mesmo peso. O efeito não foi estatisticamente significativo. Mas a massa adiposa total das utilizadoras do óleo de peixe, diminuiu, e esse efeito foi estatisticamente significativo.

A diminuição da massa adiposa, foi especialmente visível no tronco.

Os investigadores estavam particularmente interessados na sensibilidade à insulina. Isso não mudou, mas tomar suplementos de óleo de peixe, parece reduzir o risco de ataque cardíaco. Tomar o suplemento diminui em metade a concentração no sangue da proteína PAI-1 (associada a ataques cardíacos).

Quanto maior forem os níveis de PAI-1 no seu sangue, maiores serão as probabilidades de vir a sofrer um ataque cardíaco. No grupo de placebo, a concentração da PAI-1 aumentou de 16.9 para 19.2 IE por mililitro, enquanto no grupo do óleo de peixe, a concentração decresceu de 18.9 para 9.5 IE por mililitro.

Os investigadores descobriram que, o suplemento reduziu a actividade dos genes inflamatórios das células adiposas das mulheres. De acordo com os investigadores franceses, este efeito molecular, é a causa para os efeitos positivos na saúde que foram observados.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.