O frio ajuda a emagrecer?

É com alguma frequência que se vêem pela internet artigos sobre técnicas em que utilizam temperaturas baixas para estimular a perda de gordura.

Algumas dessas técnicas incluem ingerir água gelada, tomar banhos frios e até vestir pouca roupa de forma a passar frio de forma intencional. Mas será que essas técnicas realmente funcionam?

O frio ajuda a emagrecer?

O possível aumento do metabolismo induzido pela exposição a temperaturas baixas / frio está relacionado com o aumenta da atividade e número de células adiposas castanhas.

Para quem não sabe, as células adiposas castanhas parecem ter a função de queimar calorias para manter o corpo aquecido e desta forma regular a temperatura corporal.

Na verdade, um estudo intitulado “Cold-Activated Brown Adipose Tissue in Healthy Men” publicado em 9 de Abril de 2009 no “The New England Journal of Medicine” sujeitou 24 homens a temperaturas baixas para aumentar a atividade da sua gordura castanha (1).

Dez dos homens possuíam pesos corporais saudáveis, enquanto os outros 14 tinham excesso de peso ou eram obesos. Os oito investigadores que orientaram o estudo verificaram que o tecido adiposo castanho tornou-se ativo em todos exceto num homem com excesso de peso, quando estes foram expostos a temperaturas baixas de 60 graus Fahrenheit durante sessões de duas horas por dia ao longo de um período de 14 meses.

Ingestão de água gelada.

Beber água gelada pode realmente estimular o seu metabolismo, o que pode potenciar ou aumentar a perda de peso. Para processar a água que bebe, o seu sistema digestivo tem que a aquecer para atingir a mesma temperatura que o seu corpo, ao fazer isso, o seu corpo despende algumas calorias.

A água fria não contem calorias, mas o seu corpo queima calorias ao processá-la; isto resulta num défice calórico, que pode conduzir à perda de peso.

Para além disso, segundo um estudo conduzido por Michael Boschmann e colegas, que foi publicado no “Journal of Clinical Endocrinology & Metabolis” em 2007, beber água fria pode potenciar o seu metabolismo por quase 30% (2).

Embora alguns estudos tenham afirmado os benefícios de beber água fria, outros estudos encontraram apenas benefícios mínimos (3).

C.M. Brown e colegas num estudo de 2006 publicado em “Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism” verificaram que a ingestão de água fria apenas aumenta o metabolismo por 4.5%, e que se aumento só dura durante uma hora (4).

Conclusão

A exposição corporal a temperaturas baixas, seja através de bebidas frias ou de uma temperatura ambiente baixa, poderá auxiliar na perda de peso, através do aumento do metabolismo e fazendo o seu corpo despender uma maior quantidade de calorias para se manter aquecido face às temperaturas baixas.

No entanto, nada disso irá funcionar se estiver a ingerir mais calorias do que as que o seu corpo gasta. Para além disso, em muitas pessoas, o frio aumenta o apetite, especialmente durante o s meses de Inverno.

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário

Siga-nos por Email
RSS
Instagram