O efeito ergogénico da bergenina

A bergenina é encontrada em muitas plantas do género Bergenia, bem como algumas plantas do género Astilbe, Ardisia, Mallotus e Flueggea. As plantas que contêm bergenina têm sido usadas há milhares de anos na Índia para diversas finalidades.

Os usos da bergenina na medicina tradicional incluem tratamento para a obesidade, asma, úlceras, como desintoxicante do fígado, anti-inflamatório, e expectorante.

Um número limitado de pesquisas mostrou que a bergenina pode ser útil para encorajar a perda e evitar o ganho de gordura. Já que se verificou que a bergenina se opõe ao armazenamento da glicose como gordura induzido pela insulina, por isso pode ser útil para prevenir o ganho de gordura as pessoas que ingerem um excesso de calorias provenientes de carboidratos.

Também se verificou que a bergenina melhora os efeitos da noradrenalina na degradação da gordura, levando a uma maior degradação da gordura corporal e, possivelmente, a uma maior queima de gordura em vez de glicose ou de proteína quando uma pessoa se encontra numa dieta de défice calórico.

A bergenina também tem mais alguns benefícios adicionais. A bergenina demonstrou auxiliar na desintoxicação do fígado, age como um anti-inflamatório e protege contra a artrite, age como expectorante, alivia a asma, estimula o sistema imunológico, e também pode ter uso no tratamento e prevenção de úlceras.

A bergenina é frequentemente incluída em termogénicos queimadores de gordura com ingredientes que estimulam a libertação de noradrenalina pela sua capacidade de melhorar a distribuição de gordura por esta hormona. A bergenina também pode ser adquirida por si só, em forma de extracto da raiz de bergenina.

Referência 1, Referência 2, Referência 3.

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.