Índice insulinêmico dos alimentos

O Índice Insulinêmico dos alimentos é uma medida usada para quantificar a resposta da insulina a vários alimentos. Este índice é bastante parecido com o Índice Glicêmico e com a Carga Glicêmica, mas em vez de medir os níveis de açúcar no sangue, o Índice Insulinêmico está baseado nos níveis de insulina no sangue.

Esta medida pode ser mais útil do que o Índice Glicêmico ou do que a Carga Glicêmica porque certos alimentos como as carnes magras e as proteínas, provocam uma resposta da insulina mesmo sem a presença de carboidratos e alguns alimentos provocam uma resposta insulínica desproporcionada relativamente à sua carga de carboidratos.

Holt et al. notou que a pontuação da glucose e da insulina da maioria dos alimentos estão estreitamente relacionados, mas os alimentos ricos em proteína e os produtos de confeitaria que são ricos em gordura e em carboidratos refinados provocam respostas insulínicas desproporcionalmente mais elevadas do que as suas respostas glicémicas.

Eles também concluíram que os índices de insulina poderão ser úteis para o controlo da dieta e para evitar a diabetes tipo 2 e a hiperlipidemia.

Para a realização deste índice, foram comparadas as respostas de insulina após a ingestão de porções de 240 calorias de 38 alimentos comuns. Para esse efeito, foram obtidas amostras de sangue de picadas do dedo a cada 15 min. durante 120 min.

Índice insulinêmico dos alimentos

AlimentoÍndice GlicémicoÍndice Insulínico
Cereais de café-da-manhã
All-Bran4032
Mingau de aveia6040
Muesli4346
Special K7066
Honeysmacks6067
Sustain6671
Cornflakes7675
Alimentos ricos em carboidratos
Massa branca4640
Massa integral6840
Pão de mistura de cereais6056
Arroz integral10462
French fries7174
Arroz branco11079
Pão integral9796
Pão branco100100
Batatas141121
Alimentos ricos em proteína
Ovos4231
Queijo5545
Bife2151
Lentilhas6258
Peixe2859
Feijão cozido114120
Frutas
Maçãs5059
Laranjas3960
Bananas7981
Uvas7482
Snacks e lanches
Amendoins1220
Pipocas6254
Batatas fritas5261
Gelado7089
Iogurte62115
Chocolate Mars79122
Gomas118160
Produtos de panificação
Donuts6374
Croissants7479
Bolos5682
Crackers11887
Biscoitos7492

O efeito insulinêmico dos alimentos poderá ser relevante para o tratamento e prevenção do aumento do peso, da diabetes tipo  2 e complicações associadas.

Estudos recentes demonstraram que as dietas ricas em carboidratos, que resultam em respostas elevadas dos níveis de glucose e de insulina após as refeições, estão associadas a perfis lipídicos indesejáveis, a uma maior percentagem de massa corporal gorda e o desenvolvimento da resistência à insulina em ratos e seres humanos.

A obesidade e a síndrome metabólica estão associadas a vários graus de resistência à insulina e à hiperinsulinemia em jejum. Acredita-se que a insulinémia prolongada ou os picos de insulinémia contribuem para o desenvolvimento da resistência à insulina e doenças relacionadas. Portanto, a classificação do efeito insulinêmico relativo de diferentes alimentos é importante em termos teóricos e práticos.

Referência!

Deixe uma resposta