Hipnose e perda de peso, realmente funciona?

Hipnose. Até o nome soa misterioso. Evoca imagens de um homem barbudo com olhos negros e uma voz profunda hipnotizante balançando um pêndulo para trás e para frente, sussurrando: “Está ficar muito, muito sonolento”.

A hipnose é terrivelmente incompreendida e a única exposição à hipnose que a maioria das pessoas irá algum dia ter será num show em Las Vegas.

Mas a hipnose do palco de entretenimento e a hipnoterapia para a mudança de comportamentos são animais completamente diferentes. Poderia a hipnoterapia “real” ajudá-lo a ficar mais magro?

Eu questionei-me sobre isso durante décadas, desde que comecei a praticar musculação.

No final dos anos 1980, o Dr. Judd Biasiotto publicou vários livros sobre o poder da mente aplicada aos desportos, incluindo um chamado, hipnotiza-me e torne-me excelente (Hypnotize Me And Make Me Great).

Esse livro de 70 páginas, que já há muito saiu de impressão (mas que ainda ocupa um lugar sagrado na minha estante), foi um dos livros que despertaram meu interesse acerca do poder da mente e hipnose. Os livros que se seguiram, “2001: Odisseia no Desporto”, “A Odisseia Continua” e “Procure pela Grandeza”, todos me tinham igualmente encantado com essa nova fronteira de usar a mente para controlar o corpo.

No caso de não estar familiarizado com os desportos de força, o Dr. Judd é o indivíduo que levantou  274 quilos no agachamento com um peso de 61 quilos – um feito impressionante, como qualquer powerlifter lhe dirá. Quando um levantador de classe mundial, que também é doutorado em psicologia do desporto diz que existe algo na hipnose, e que o seu regime de treino mental foi fundamental para o seu sucesso, um pretendente a culturista adolescente, desesperado por desenvolver músculo como eu éra, escuta!

Muitos anos mais tarde, o meu interesse na hipnose e nos poderes da mente nunca se desvaneceu. Eu usei a auto-hipnose, bem como CD´s de hipnose, que foram criados para melhorar o desempenho no ginásio, gerando intensidade máxima durante os treinos e ajudar a ultrapassar a barreira da dor.

Enquanto não veja a hipnose como sendo algo mágico, acredito que possa ser útil. E também acredito que um programa abrangente de treino mental, que pode incluir a hipnose, pode significar o sucesso ou o fracasso do seu programa de perda de peso e proporcionar aos atletas uma vantagem competitiva.

Mais importante ainda, eu continuei a estudar psicologia, incluindo hipnose, para obter uma maior compreensão dos problemas que as pessoas têm com a quebra de maus hábitos e em modificar os seus comportamentos.

Qualquer instrutor de ginásio ou personal trainer experiente poderá dizer-lhe que a dieta ou programa de treino que você seguir é irrelevante se não puder segui-lo de forma consistente. Muitos dos problemas como a falta de adesão ao programa, a auto-sabotagem, inconsistência e falta de motivação são problemas da mente, não são problemas do corpo.

O que é a hipnose?

Como já mencionei anteriormente, existe uma série de equívocos sobre a hipnose. Um deles é o medo de que você irá perder o controlo das suas faculdades mentais durante uma sessão, ou que é uma espécie de “controlo da mente.” Isso não é verdade pelo menos não a um a grau superior ao controlo que a sua família, amigos, colegas ou cultura têm sobre a sua mente.

O facto é que a mente é receptiva à sugestão, (especialmente a mente de uma criança muito jovem), e nesse sentido, tudo é hipnose. Ler um jornal ou a ver televisão é hipnose, ou “programação mental” noutro sentido. Você fica “programado” por normas sociais para formar parte das massas, a menos que você faça a escolha de ser diferente e tornar-se o que você quer ser.

Outra fonte de mal-entendidos sobre a hipnose vem de hipnose de palco, que não tem praticamente nada a ver com o tipo de hipnoterapia de que estamos a falar. O hipnotizador selecciona intencionalmente os indivíduos mais sensíveis presentes no seu público – que por acaso são os participantes mais colaboradores – e depois procede a induzir algum tipo de fenómeno hipnótico para fins de entretenimento, e não para auxiliar mudanças pessoais.

A hipnose poderá ser uma ferramenta a ter em conta para o ajudar a alcançar os seus objectivos

A hipnose, tal como utilizada no trabalho de mudança pessoal, é simplesmente um estado relaxado e alterado de consciência e um aumento da concentração, em que a mente consciente fica fora do caminho, permitindo que uma mensagem do hipnoterapeuta chegue ao seu subconsciente com mais facilidade.

Quando o seu subconsciente recebe a mensagem, estimula comportamentos positivos, a hipnose é simplesmente uma ferramenta para a mudança de comportamentos.

A auto-hipnose (sozinho), é tão simples como realizar, respirações profundas e longas, ficando relaxado (às vezes usando técnicas de relaxamento muscular progressivo), em seguida, fazer a sua visualização ou afirmações de repetição, ou mesmo ouvir a sua própria fita caseira de afirmações feitas.

Muitas pessoas relatam grande sucesso com a hipnose, mas outros não. Os resultados mistos provavelmente têm a ver com o hipnoterapeuta, e também com o praticante de hipnotismo. Que tipo de resultados se pode esperar da hipnose? A hipnose poderia ajudar a perder peso ou mudar o seu corpo de outras maneiras? Vamos dar uma vista de olhos …

Seios maiores e mais cabelo com a hipnose?

Eu acredito que existe uma ligação entre mente e corpo e que é perfeitamente possível que o cérebro, sistema nervoso central e a mente subconsciente possam literalmente “falar” com as diversas células do seu corpo e que este pode ser um factor de cura de doenças. Eu acredito que o corpo é uma máquina de auto-cura notável e a sua própria farmácia natural.

Eu acho que é bastante difícil de provar, mas sendo que existe uma ciência legítima existe sobre o assunto (denominada psiconeuroimunologia), a comunidade científica parece acreditar o suficiente na conexão mente-corpo, para gastarem tempo, dinheiro e recursos para a investigarem de forma formal.

Existem muitas teorias interessantes e plausíveis. Temos também o efeito placebo a considerar, onde uma crença pode afectar a biologia de formas verdadeiramente surpreendentes.

Dito isto, quando se trata da hipnose, acho que deveríamos olhar para ela com cautela, e com interesse. Em primeiro lugar, e talvez exclusivamente, você deverá ver a hipnose como uma ferramenta para mudar o comportamento. Quando você olha para um resultado obtido pela hipnose, você deve-se perguntar se essa afirmação é um resultado que pode ser conseguido através de uma mudança no seu comportamento.

Por exemplo, se alguém promove a hipnose como sendo um potenciador do crescimento muscular, é possível que o seu comportamento possa de alguma forma mudar para que isso lhe permita ganhar mais massa muscular?

A resposta é sim. A hipnose pode ajudá-lo a mudar os seus hábitos alimentares, e você só poderia também começar a esforçar-se mais no ginásio. Portanto, o crescimento muscular poderia ocorrer como consequência da mudança de comportamento – alimentando-se melhor e treinando com mais intensidade – em vez da hipnose em si.

Acontece o mesmo com a redução da gordura corporal: a hipnose irá aumentar o seu metabolismo de forma mágica, a partir de uma conexão entre corpo e mente?

Embora eu goste de manter uma mente aberta, duvido seriamente e não fico muito entusiasmado com os hipnoterapeutas que dizem que vão hipnotizá-lo e acelerar o seu metabolismo. Se for possível que isso aconteça, não tenho certeza de que algum dia isso possa vir a ser provado pelo método científico, por isso, apenas depende de si, a decisão de acreditar ou não nas afirmações.

Por isso, a hipnose pode ajudar com a ampliar o peito? Bem, talvez um pensamento possa borbulhar da sua mente subconsciente, que é uma boa ideia juntar algum dinheiro, ir visitar um cirurgião plástico e pedir uns implantes para os seios (sarcasmo aqui).

Pessoal, eu poderia dar o mesmo aviso acerca da hipnose para o alargamento do seu …. uh …  da sua quantidade de cabelo … sim, o crescimento do cabelo, é isso … cuidado com as afirmações de que a hipnose proporciona crescimento capilar. Não tenho a certeza se acredito neles : ).

O que dizem as pesquisas?

Embora os resultados não sejam definitivos, existe algumas pesquisas em psicologia clínica, que têm sido publicados em revistas avaliadas por pares, que mostra os bons resultados da hipnose na perda de peso. No meu podcast da entrevista com Michael Lovitch da “Hypnosis Network company”, você poderá ouvir mais sobre o que esses estudos revelaram.

Ainda mais incrível, na minha opinião são alguns dos casos documentados de hipnose médica, que vão desde o simples alívio dor causada por trabalho odontológico até à cirurgia sem anestesia (o que é bem estranho se pensar sobre isso).

A mente afecta o corpo.

Hipnose – passivo ou activo?

Na minha opinião, as sessões ou os CD`s  de hipnose podem ser um precioso auxiliar para um programa amplo de desporto, nutrição e de estilo de vida para algumas pessoas, se você os obtiver a partir de um hipnoterapeuta com boa reputação e qualificado.

Melhor ainda, acredito que o tipo ideal de sessão que inclui o treino consciente e educativo, bem como a hipnose tradicional, não apenas uma situação passiva, onde escuta e espera que a sua mente seja “programada” de forma positiva.

Então, novamente, eu acho que é por isso que os CDs de hipnose para perda de peso se vendem como gomas, porque muitas vezes são vendidos sob o pretexto de que você não terá de fazer absolutamente nada. Basta ouvir e ficar magro – a “solução rápida” perfeita.

Não penso que seja assim tão simples ou fácil. Você tem que aceitar a responsabilidade de mudar, ter um papel activo na criação de mudanças e estar disposto a passar para a acção, se realmente quiser ser bem sucedido. Você tem que trabalhar no plano físico e mental ao mesmo tempo e não apenas “pensar positivo”, ou confiar num CD de auto-ajuda de qualquer tipo.

O melhor hipnoterapeuta do mundo: VOCÊ

Se você já tem um programa de treino estruturado e um plano nutricional, mas está a ter dificuldade com a mudança de certos comportamentos, pode valer a pena experimentar a hipnose ou CD`s de programação mental positiva como uma ferramenta adicional no seu  kit de ferramentas de “treino mental”.

Assim sendo, e embora eu acredite que a hipnose pode ser uma ferramenta valiosa, basta recordar que, no final do dia, programar a sua mente para o sucesso resume-se ao que você diz para si mesmo (e vê / lê / ouve), a maior parte do tempo. Você não pode trabalhar com um hipnoterapeuta todos os dias durante o resto de sua vida, mas pode conversar consigo mesmo sem parar todos os dias, e a repetição é uma forma comprovada de condicionar a mente.

A forma com que você fala para si mesmo, na maioria das vezes, é “hipnose”. Se você pensar um pouco nisso … é na verdade, auto-hipnose.

Autor: Tom Venuto

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Comentários fechados.