O HIIT interfere nos ganhos de força e massa muscular?

Será que a adição de treinos HIIT a um regime de treino com pesos proporciona resultados ainda melhores em termos de ganhos de força e massa muscular ou será que interfere de forma negativa?

Um grupo de investigadores tentou responder a esta questão realizando um estudo para o qual recrutaram 12 indivíduos, que foram repartidos em dois grupos.

  • Um grupo realizou apenas treino com pesos.
  • Outro grupo realizou treino com pesos + HIIT

O treino com pesos foi concebido para induzir hipertrofia muscular e consistiu em 3 séries de 10 repetições a 80% de 1RM do exercício rosca concentrada.

Os treinos foram realizados 3 vezes por semana, em dias não consecutivos e todos os voluntários treinaram durante 8 semanas.

O treino HIIT consistiu em 4 séries de sprints de 30 segundos de esforço máximo, separadas por intervalos de descanso de 4 minutos e 30 segundos. Estes treinos foram realizados imediatamente a seguir ao treino com pesos.

Resultados:

Treino com pesosPesos + HIIT
VO2max+2,9+11,7
CSA (cm2)+2,4+2,7
1RM (kg)+7,9+8,3

Em termos de resultados, verificou-se que aqueles que realizaram treino HIIT a seguir ao treino com pesos foram os que obtiveram melhores resultados, nomeadamente ao nível do VO max, da circunferência muscular (CSA) e da forma (1RM), tal como pode ver na tabela acima e também na tabela abaixo.

pesos + HIIT

Uma das limitações que este estudo poderá ter é o fato de os os voluntários apenas terem realizado um exercício de musculação e esse exercício se focar apenas num grupo muscular.

É possível que o treino HIIT pudesse ter interferido de forma negativa nos ganhos de força e massa muscular caso os voluntários tivessem seguido um programa de treino com pesos completo, que trabalhasse de forma intensiva os principais grupos musculares, em vez de apenas um.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário