A flexão é tão eficiente como o supino

O exercício flexão ou extensões de braços no solo, é um movimento extremamente versátil, que pode realizar em praticamente qualquer lugar e que não requer nenhum tipo de investimento monetário para o poder executar.

Na verdade, existe um número significativo de variações deste excelente exercício, que também é uma excelente opção para trabalhar o peitoral e outros grupos da parte superior do corpo (tricípete e deltóide), quando não temos acesso a equipamentos de musculação.

E de acordo com os cientistas de desporto de Universidade de Valência em Espanha, o exercício flexão é tão eficiente quanto o supino para trabalhar os músculos do peitoral e aumentar a força. Isto desde que aumente a dificuldade deste exercício com uma banda elástica.

Os investigadores realizaram uma experiência com estudantes, sendo que nenhum deles tinha qualquer tipo de experiência anterior com treinos de musculação.

Os cientistas colocaram 10 estudantes a realizar o exercício supino duas vezes por semana, durante cinco semanas, enquanto outros 10 estudantes fizeram flexões de tronco.

É claro que o exercício supino permite treinar com cargas mais elevadas e maior intensidade, e foi por esse motivo que os investigadores colocaram os voluntários a realizar as suas flexões com uma banda elástica, para assim aumentarem a dificuldade do exercício

Isto significa que os voluntários do grupo das flexões realizaram o mesmo número de séries intensas e o mesmo número de repetições que os estudantes do grupo do supino.

Os investigadores mediram a atividade elétrica do peitoral e dos deltoides dos estudantes, de forma a assegurarem-se de que os exercícios supino e flexões ofereciam o mesmo nível de resistência.

Antes de após o período de treino, os investigadores mediram a quantidade de peso máximo com o qual os estudantes conseguiam realizar 1 e 6 repetições (1RM e 6RM).

A figura abaixo mostra que os parâmetros de força aumentaram em ambos os grupos. O efeito do treino também foi estatisticamente significativo nos dois grupos.flexão tão eficiente supino

A 1RM aumentou mais nos estudantes que treinaram o peitoral com o exercício supino do que nos estudantes que realizaram flexões, mas a diferença não significativa. As estatísticas demonstram que os dois grupos obtiveram progressos semelhantes.

Os investigadores concluíram:

O exercício flexão com resistência adicional em forma de uma banda elástica, proporciona uma opção viável e de baixo custo que poderá ser usada como uma alternativa ao tradicional exercício supino, de forma a proporcionar um estímulo de alta intensidade nos músculos principais envolvidos na ação e produzir adaptações da força máxima.

Os fisioterapeutas e especialistas de força e acondicionamento poderão usar esta informação para selecionar ou incluir um ou ambos os exercícios para serem realizados durante um programa de treino de musculação.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário