Elevações laterais estáticas

O exercício elevações laterais tem, tal como o exercício curl com barra ou halteres, a fama de ser um dos exercícios em que se faz mais batota. 

É demasiado comum ver os frequentadores das salas de musculação a balançarem os halteres utilizando o efeito “mola”, como se o mais importasse fosse levantar muito peso, quando na verdade o  mais importante é atingir e isolar a parte medial do deltoide da forma mais eficiente possível.

Desta vez vou-lhe propor uma outra forma de realizar este exercício, que irá garantidamente fazer com que passe a realizar este exercício com uma forma técnica muito melhor e portanto a colocar uma maior ênfase na parte medial dos deltoides.

Como realizar as elevações laterais estáticas

Utilizando um peso ligeiramente mais leve do que costuma usar para realizar as elevações laterais, realize uma elevação lateral, mas PARE quando os seus braços estiverem paralelos ao chão. Mantenha os cotovelos ligeiramente dobrados e mantenha sempre os polegares como se estivesse a esvaziar um jarro de água.

Mantenha essa posição durante 8 segundos, depois baixe os halteres de forma lenta. Agora já sabe porque é necessário utilizar pesos leves! Aponte para 3 séries de 10 repetições destas elevações laterais “estáticas”.

Veja a imagem abaixo para ter uma ideia melhor:Elevações laterais estáticas

Prepare-se para ser confrontado com o fato de que, apenas manter um peso leve na parte final do movimento poder tornar-se uma experiencia extremamente dolorosa.

Aplicações práticas

Esta é uma excelente técnica a ser usada por aqueles que:

  • Não conseguem deixar o ego à porta da ginásio e usam cargas mais pesadas do que deveriam.
  • Não conseguem “sentir” ou concentrar bem o trabalho na parte medial dos deltoides.
  • Têm lesões que os impedem de levantar as cargas com que normalmente fariam as elevações laterais comuns.
  • Estão aborrecidos com o seu treino de ombros e precisam de adicionar alguma variedade para obterem algum estímulo e motivação extra.

Não deixe de testar esta variação das elevações laterais e faça favor de nos deixar a sua opinião. Os comentários são sempre bem-vindos.

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.