Efeito da intensidade do exercício na perda de gordura abdominal

Se realizar exercício suficiente, será possível perder a gordura abdominal de forma selectiva?

Não, segundo o que dizem os investigadores da Universidade Wake Forest, em Winston-Salem, da Carolina do Norte e da Universidade Estadual de Nova York em Buffalo.

Primeiro, os detalhes.

Neste estudo, participaram 112 mulheres com sobrepeso e obesidade na pós-menopausa.

  • O índice de massa corporal: 25-40 kg/m2
  • Circunferência da cintura era superior a 88 cm

Foram colocadas num programa de 20 semanas com:

  • Apenas restrição calórica
  • Restrição calórica mais exercício aeróbico com intensidade moderada.
  • Restrição calórica mais intensa em combinação com exercício intenso.
  • Seguiram um programa de dieta hipocalórica controlada durante o qual as refeições eram fornecidas tendo em conta as necessidades individuais de calorias (cerca de menos 400 kcal/dia).
  • Exercício (3 dias/semana) que envolveu caminhadas num tapete rolante a uma intensidade de 45% a 50% (intensidade moderada) ou 70% a 75% (de intensidade vigorosa) da reserva de frequência cardíaca.

E os resultados…

  • O nível de perda de peso não diferiu entre os grupos.
  • A capacidade máxima de exercício aeróbico (VO2 max) aumentou significativamente mais no grupo da restrição calórica + intensidade vigorosa do que nos restantes outros grupos.
  • O grupo de apenas restrição calórica perdeu significativamente mais massa magra do que qualquer grupo de exercícios.
  • Todos os grupos apresentaram reduções significativas, mas semelhantes no nível de gordura abdominal.
  • Mudanças nos níveis de lípidos, níveis sanguíneos de açúcar em jejum de açúcar no sangue ou os valores de insulina eram semelhantes entre os grupos.

A conclusão?

Os autores concluíram…

“Não há uma perda preferencial de gordura abdominal quando se realiza exercício aeróbico a uma intensidade moderada ou vigorosa durante a restrição calórica.”

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário

Siga-nos por Email
RSS
Instagram