A dose ideal de sumo de beterraba

Se você é atleta de resistência, profissional ou recreativo, já deve ter ouvido falar dos efeitos ergogénicos da beterraba. Este alimento pode melhorar o desempenho atlético em desportos de resistência.

A dose ótima para se obter os efeitos de melhoria da performance do concentrado de sumo de beterraba é de 140 ml. Isto pelo menos segundo o que escreveram cientistas de desporto da Universidade de Exeter no Journal of Applied Physiology.

Para além disso, os atletas que não obtiverem resultados com esta dose, poderão obter benefícios com uma dose ainda mais elevada, de 280 ml.

Como funciona o sumo de beterraba?

O sumo de beterraba contém nitrato, um percursor do monóxido de nitrogênio, uma substância sinalizadora que promove a dilatação das artérias, melhorando assim o fornecimento de oxigénio e de nutrientes às células musculares e, provavelmente melhorando o desempenho atlético de outras formas também.

Já foram realizados vários estudos que demonstraram que os suplementos que doam nitrogénio ajudam as células musculares a usar o oxigénio de forma mais eficiente durante episódios de exercício intenso.

Parece que as preparações à base de sumo de beterraba podem ajudar a aumentar a eficiência do metabolismo energético das células.

Qual é a dose ideal de sumo de beterraba?

Apesar da quantidade impressionante de provas científicas que provam a eficácia dos produtos de beterraba no aumento do rendimento desportivo, ainda não tinham sido estudos que tivessem avaliado qual é a dose ideal a tomar para obter resultados.

Mas um estudo realizado recentemente por investigadores analisou a dose-resposta ideal usando o produto “Beet-it” nas suas experiências.

Os investigadores recrutaram 10 estudantes masculinos em forma física razoável e colocaram-nos a realizar testes de esforço várias vezes por dia, duas horas após terem ingerido um placebo, 70, 140 ou 280 ml de sumo de beterraba concentrado. Essas doses forneceram 0, 4.2, 8.4 e 16,8 milimoles de nitratos, respetivamente.

Os investigadores colocaram os seus voluntários a pedalar de forma progressivamente mais intensa num ciclómetro. Entretanto, também registaram o período de tempo durante o qual os voluntários conseguiram pedalar antes de desistirem.

A figura abaixo mostra que a dose de 140 ml de sumo de beterraba concentrado permitiu que os estudantes pedalassem durante um período de tempo bastante mais prolongado.sumo de beterraba aumenta resistência

Também foi isso que aconteceu quando a ingestão foi de 280 ml, mas os estudantes não obtiveram melhores resultados com 280 ml de sumo de beterraba do que quando beberam 140 ml.

Depois de terem ingerido 280 ml de sumo de beterraba, a concentração de nitrato no sangue dos voluntários aumentou mais do que quando beberam 140 ml. Mas isso não aconteceu com a concentração de nitrito.

A tensão arterial em descanso dos voluntários desceu após terem ingerido o sumo concentrado de beterraba. A figura abaixo mostra que o efeito na tensão arterial sistólica não foi significativamente mais elevada com a dose de 280 ml do que com a dose de 140 ml.

Portanto, a maior parte dos atletas irão provavelmente obter os melhores benefícios com uma dose de 140 ml e é pouco provável que venham obter um melhor rendimento com doses mais elevadas.

Os investigadores escreveram:

Em termos de mudanças positivas, houve três não-respondedores na condição de 4.2-mmol, dois na condição de 8.4-mmol, e um na condição de 16.8-mmol. Os voluntários que não responderam às doses mais baixas, responderam às doses mais elevadas.

Não foram observados efeitos secundários, embora os voluntários tenham afirmado que a sua urina e fezes tinham adquirido uma cor vermelha.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário