Benefícios do consumo de frutos secos

Pela primeira vez, cientistas descobriram uma relação entre o consumo de frutos secos e níveis mais elevados de serotonina no corpo de pacientes com síndrome metabólica (SM), que estão em risco elevado de virem a sofrer de doenças cardíacas.

A serotonina é uma substância que ajuda a transmitir os sinais nervosos e diminui a sensação de fome, faz com que as pessoas se sintam mais felizes e melhora a saúde do coração. Apenas foi necessário o consumo de uma onça de mistura de frutos secos (nozes, amêndoas e avelãs) por dia para produzir os efeitos benéficos.

Cristina Andrés-Lacueva e colegas do grupo de pesquisa “Biomarkers & NutriMetabolomics” da Universidade de Barcelona, ​​em colaboração com a “Unidade de Nutrição Humana da Universidade Rovira i Virgili” explica que o aumento da obesidade em todo o mundo significa que mais e mais pacientes têm síndrome metabólica.

Os sintomas incluem excesso de gordura abdominal, açúcar elevado no sangue e pressão arterial elevada, o que aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2 e doenças cardíacas. Algumas mudanças na dieta podem ajudar os pacientes a eliminar o excesso de peso e a tornarem-se mais saudáveis, entre as alterações, o consumo regular de nozes – que estão cheias de nutrientes saudáveis, tais como gorduras saudáveis ​​(ácidos gordos insaturados) e antioxidantes (polifenóis) – têm sido recomendadas para combater as anormalidades metabólicas associadas com a SM.

Para verificar os efeitos bioquímicos do consumo de nozes, os pesquisadores colocaram 22 pacientes MetS numa dieta enriquecida com frutos secos durante 12 semanas e compararam-nos a outro grupo de 20 pacientes que foram orientados a evitar os frutos secos.

Os cientistas analisaram o amplo espectro de compostos excretados na urina dos pacientes e encontraram evidências de várias mudanças saudáveis. Uma surpresa foi a evidência de que o consumo de frutos secos tinha aumentado os níveis de metabólitos da serotonina na urina dos pacientes, uma vez que estas descobertas sugerem o papel da serotonina nos efeitos benéficos de nozes.

Eles ressaltam que o estudo fornece a primeira evidência em seres humanos dos efeitos benéficos do consumo de nozes na redução dos níveis de substâncias no corpo associada à inflamação e a outros factores de risco cardiovascular em pacientes com síndrome metabólica.

Fonte!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário

Siga-nos por Email
RSS
Instagram