O ácido ferúlico melhora o rendimento desportivo durante dias

O ácido ferúlico é uma substância que está presente no café, laranjas, amendoins e maçãs. De acordo com um estudo realizado em animais, por nutricionistas da Chonnam National University na Coreia, o ácido ferúlico poderá ser uma substância interessante para os atletas de resistência – especialmente para aqueles que necessitam de um rendimento mais elevado durante vários dias consecutivos.

O ácido ferúlico está presente em boas quantidades nas nossas dietas. Para além dos alimentos que já mencionamos acima, também está presente nas paredes das células de cereais como o trigo, aveia e arroz.

Como o ácido ferúlico já está a ser usado para aumentar a performance no mundo dos desportos equinos, e já existem indicações de que os atletas de força que tomam ácido ferúlico obtêm um melhor desempenho, os coreanos decidiram testar a substância em ratos.

Os investigadores começaram por colocar os seus animais de laboratório a nadar num aquário até ao ponto em que já não conseguiam manter as cabeças acima da água. Eles registaram a quantidade de tempo em que os animais foram capazes de continuar a nadar.

Meia hora antes do início do teste de natação, os investigadores administraram aos ratos 125 a 250 micromoles de ácido ferúlico por kg de peso corporal por via oral, ou não administraram nada (grupo de controlo). O equivalente humano a essas doses seria cerca de 1500 ou 3000 mg.

A administração de ácido ferúlico conduziu a uma melhoria considerável da capacidade de resistência.

acido ferúlico

Os Coreanos também realizaram outra experiência, com a duração de três dias. No primeiro dia, colocaram os ratos a nadar, sem lhes darem ácido ferúlico. Nos dias 2 e 3 eles repetiram o teste de natação. Antes dos testes, metade dos animais receberam 250 micromoles de ácido ferúlico e a outra metade não recebeu nada (grupo de controlo).

No terceiro dia, o grupo de controlo teve resultados notavelmente piores do que no dia 1. Os ratos do grupo do ácido ferúlico retiveram a sua capacidade inicial de resistência.

Ácido ferúlico

Os investigadores coreanos suspeitam que o ácido ferúlico mantém o rendimento físico elevado ao estimular a produção de antioxidantes endógenos como a catalase. A tabela acima indica as concentrações de enzimas protetoras que os coreanos encontraram no fígado dos seus animais de laboratório após terem realizado o último teste de natação.

Eles afirmaram:

A administação de ácido ferúlico ativou o sistema de defesa antioxidante hepático durante o exercício. Os ratos que receberam ácido ferúlico mostraram um aumento significativo da atividade de enzimas antioxidantes que se encontram no fígado, tais como a superóxido dismutase, catalase, e glutationa-S-transferase.

Para além disso foi observado um aumento dos níveis de glutationa, enquanto que os de malondialdeído diminuíram. Esses resultados sugerem que o ácido ferúlico possui efeitos estimuladores que podem aumentar a capacidade de resistência e reduzir a fadiga através do aumento dos potenciais antioxidantes.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário