A terapia com laser acelera a recuperação pós-treino

Noticias interessantes para os centros de fitness cujos clientes estão a começar a ficar aborrecidos com as saunas e solários, nesta investigação, realizada por cientistas do desporto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul no Brasil. De acordo com eles, o tratamento com um tipo de laser comercialmente acessível da empresa Thor, acelera a recuperação muscular após um treino intenso.

Os investigadores testaram o equipamentos “THOR DD2 Control Unit” e o “Infra-Red Laser Cluster Probe”. Pode ver os equipamentos ao lado esquerdo. Os investigadores colocaram o laser em dois pontos no vasto medial, no vasto lateral e no recto femoral. Os investigadores aplicaram o laser, que tinha uma potência de 1 watt, durante 30 segundos em cada ponto. Pode ver os pontos na figura abaixo.

Para a realização da experiência, reuniram 38 homens com idades entre os 19 e 35. Metade deles recebeu o tratamento real [LLLT], e a outra metade foi tratada com o laser desligado [Placebo].

Dois minutos após o tratamento, os voluntários tiveram de completar 5 séries excêntricas na máquina extensora de pernas. Imediatamente após o treino, 24 horas e 48 horas mais tarde, os homens que receberam o tratamento de laser tinham mais força nos músculos das pernas  [MVC] do que os homens do grupo placebo.

Para além disso, no sangue do grupo do laser, a concentração das enzimas lactate dehydrogenase [LDH] e creatine kinase [CK] estavam mais baixas, indicando menos danos musculares e uma recuperação mais rápida.

Tabela 1
Tabela 2

Os investigadores suspeitam que os tratamentos com laser, melhoram o desempenho atlético.

Os investigadores brasileiros concluíram:

Pelo que sabemos, este parece ser o primeiro estudo a demonstrar os efeitos positivos desta terapia na recuperação da força muscular após o exercício excêntrico, o que é um aspecto interessante, com aplicabilidade prática para o treino desportivo e desempenho.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário

Siga-nos por Email
RSS
Instagram