A fosfatidilserina aumenta a resistência e capacidade de sprint em atletas

A fosfatidilserina (phosphatidilserine em inglês) é um suplemento que se encontra com facilidade nas lojas online, e segundo o cientista desportivo britânico Mike kingsley, funciona, mas não da forma que os seus vendedores afirmam na sua publicidade.

Kingsley realizou a sua própria experiência sobre as características potenciadoras da performance física da fosfatidilserina. Administrou o suplemento a jogadores de futebol e descobriu que o composto proporcionou-lhes mais resistência. Para além disso, o suplemento aumentou a sua rapidez no sprint.

Tabela 1

Quando Kingsley administrou a ciclistas uma dose diária de 750 mg de fosfatidilserina derivado da soja por um período de dez dias, observou o mesmo efeito. Também descobriu que o suplemento permitiu aos atletas manterem um nível de esforço a 85% do seu VO2max  por um período de tempo 30% mais longo.

A fosfatidilserina é um fosfolípido, no organismo, encontra-se sobretudo na membrana das células dos tecidos metabolicamente activos, tais como o coração e os músculos. Uma das suas funções, é assegurar-se que, as hormonas, que trabalham através dos receptores na membrana, possam comunicar com as células.

Os cientistas do desporto, têm acreditado geralmente que a fosfatidilserina fortalece as membranas das células musculares, reduzindo assim o desgaste nos músculos. Outra teoria é que a fosfatidilserina reduz a produção da hormona destruidora de tecido muscular, o cortisol.

No entanto, a experiência de Kingsley´s fê-lo suspeitar que o suplemento funciona de uma forma diferente. Pensa que, talvez altere a mitocôndria de alguma forma que aumente a utilização de oxigénio. Ou talvez facilite a reabsorção de cálcio pelo retículo endoplasmático durante a realização de exercício físico, de forma que as células podem funcionar melhor e por mais tempo a um nível elevado de exigência.

Kingsley avisa noutro artigo publicado em “AgroFOOD Industry Hi-tech”, que nem todos os produtos de fosfatidilserina são iguais. Ele utilizou suplementos produzidos através de métodos específicos de transresterificação da lecitina da semente de soja, e depois misturou-a com lecitina de soja adicional para obter assim, uma concentração de 20% de fosfatidilserina.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.

Deixe um comentário

Siga-nos por Email
RSS
Instagram