A curcumina ajuda o tecido muscular a recuperar mais rapidamente

A curcumina, a substância de cor amarela do açafrão, tem um efeito de fortalecimento muscular, e este é mais pronunciada nos músculos que se estão a recuperar.

De acordo com um estudo realizado em animais na Universidade de Emory em 1999, a curcumina pode acelerar a recuperação muscular em pelo menos um factor de cinco.

O efeito protector da curcumina sobre os músculos não é apenas uma história inventada por um produtor de suplementos de curcumina. Sim, existe um estudo patrocinado em que os atletas recuperaram mais rapidamente após o treino  tomando um suplemento com curcumina. Mas os investigadores do exército dos EUA também se depararam com os efeitos de recuperação muscular da curcumina. E um estudo francês recente confirmou as descobertas americanas.

Há quase 15 anos atrás, farmacologistas da Universidade de Emory publicaram os resultados de uma experiência dramática na “AJP – Cell Physiology”, que é talvez até mais convincente do que as experiências mais sofisticados publicadas mais tarde. Nesse estudo, os investigadores infligiram danos nos músculos das pernas dos ratos, expondo-os a um frio extremo.

E depois começaram imediatamente a administrar curcumina aos ratos. Eles injectaram 0,15-0,2 ml de líquido directamente no intestino delgado dos ratos todos os dias. O líquido continha uma solução de curcumina. Um grupo controlo foi injectado com um fluido que não continha ingredientes activos após a lesão muscular ter sido infligida.

Os investigadores mediram a recuperação dos tecidos danificados através da análise da concentração de miosina embrionária de cadeia pesada [EMHC], um marcador da recuperação muscular. O gráfico abaixo mostra o aumento da EMHC nos dois grupos.

Tabela 1

As fotos abaixo mostram-nos o tecido muscular danificado depois de 10 dias. A foto superior mostra o tecido de um rato ao qual tinha sido administrado 20 microgramas de curcumina/kg de peso corporal, a foto mais abaixo é do tecido de um rato do grupo de controlo. A barra indica um comprimento de 100 micrómetros.

Os ratos tratados  com a dose ideal [20 microgramas/kg/dia] registaram uma recuperação muscular após quatro dias que os ratos não tratados somente conseguiram obter após 20 dias. Assim sendo, a curcumina acelerou a recuperação muscular por um factor de cinco.

Os investigadores concluíram:

A curcumina é o primeiro exemplo de um agente farmacológico com um potente efeito estimulante sobre a regeneração muscular após um trauma.

O aumento da velocidade de reparação muscular seria benéfico não só no trauma muscular, mas também em cirurgias reconstrutivas e lesões relacionadas com desportos.

Referência!

Avatar

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.