A creatina fortalece os ossos

A creatina parece ser um suplemento milagroso, não fortalece apenas os seus músculos; existem estudos realizados em animais que mostram que a creatina prolonga a vida, torna-nos mais alerta – e agora está comprovado que também fortalece o esqueleto.

Este último aspecto foi revelado por doutores da Universidade de McMaster no Canadá quando fizeram experiências em ratos jovens.

Quando os ossos crescem e se tornam mais fortes, a concentração da enzima creatina Kinase aumenta. Esta é a enzima que liga os grupos fosfato à creatina, proporcionando assim, energia à creatina. Quando a célula requer energia na forma de grupos fosfato, ela separa os grupos fosfato da molécula de creatina. Portanto, somando dois mais dois, já deve ter reparado que os doutores canadenses suspeitavam que a creatina torna os ossos mais fortes.

Para verificarem se esta suspeita tinha fundamento, os canadenses organizaram uma experiência com 32 ratos machos com 5 semanas de idade. A metade dos ratos, administraram alimento com um conteúdo de 2% de creatina em pó durante 8 semanas. A restante metade recebeu ração normal. No final das 8 semanas, os canadenses examinaram os ossos dos ratos.

O osso do fémur dos ratos, tornou-se mais compacto, e o mesmo aconteceu às vértebras lombares da parte inferior das costas [lumbar]. Os investigadores também examinaram de forma separada a parte mais frágil do fémur, o final que está ligado ao osso da anca [fémur distal].

Tabela 1

A seguir, os investigadores mediram a força dos ossos. Mataram os animais do laboratório, removeram os ossos do fémur e colocaram-nos numa máquina que os sujeitava a um aumento gradual de força. Os canadenses registaram depois a quantidade de Newtons [unidade de força] a que os ossos se partiam.

Observaram que foi necessário aplicar mais 12% de força dos ossos dos ratos que receberam creatina do que para partir os ossos dos ratos do grupo de controlo.

Tabela 2

Os investigadores pensam que a creatina poderia ajudar crianças cujos ossos se partem com facilidade devido a problemas médicos. Também pode ajudar pessoas idosas que sofrem de osteoporose.

Os canadenses concluíram:

A suplementação com creatina, tem o potencial de afetar de forma benéfica os ossos de ratos jovens em crescimento, e como tal, podem representar uma nova forma de intervenção contra desordens que afetam de forma adversa a densidade mineral dos ossos.

Referência!

Prática de musculação baseada em evidência científica. Siga-nos através das redes sociais.