6 Benefícios da manteiga

A manteiga é um desses alimentos que pode transformar refeições sem sabor em refeições deliciosas, mas durante as últimas décadas, tem sido considerada a culpada de vários problemas de saúde, desde a obesidade até às doenças cardiovasculares.

Mas recentemente, a manteiga tem vindo a ser considerada novamente um “alimento saudável”.

Aqui tem 6 benefícios que a manteiga lhe pode proporcionar.

A manteiga é rica em vitaminas solúveis em gordura

A manteiga contém uma grande quantidade de vitaminas solúveis em gordura. Estas incluem as Vitaminas A, E e K2.

Se segue uma dieta rica em produtos animais e vegetais, então é provável que já esteja a obter a quantidade suficiente de vitaminas A e E, especialmente se também ingere azeite extra virgem ou óleo de palma.

Mas a vitamina que realmente se destaca aqui é a Vitamina K2, que é muito difícil de conseguir obter a partir da dieta e que muitas pessoas desconhecem.

A verdade é que a vitamina K2 pode ter efeitos poderosos na saúde. Está intimamente envolvida no metabolismo do cálcio e a deficiência de vitamina k2 tem sido associada a muitas doenças sérias, incluindo problemas cardiovasculares, cancro e osteoporose (123).

Acontece que os lacticínios derivados de animais alimentados a pastos são particularmente ricos em vitamina k2 (4).

A manteiga contem uma boa quantidade de gorduras saturadas saudáveis

manteigaA guerra contra a gordura saturada está baseada em má ciência. Nunca se conseguiu realmente provar que este tipo de gordura prejudica a saúde.

De fato, estudos recentes sugerem que não existe nenhuma associação entre a gordura saturada e as doenças cardiovasculares (56).

As gorduras saturadas aumentam o colesterol HDL (o bom) e mudam o LDL pequeno e denso (muito mau) para um LDL maior… que é benigno (78).

Para além disso, a manteiga também contem uma quantidade decente de gorduras de cadeia curta e média… que são metabolizadas de forma diferente de outras gorduras. Este tipo de gorduras conduzem a um aumento da saciedade e da queima de gordura (910).

A manteiga reduz o risco de ataque cardíaco em comparação com a margarina

ManteigaA maioria das dicas de nutrição transmitidas pelas organizações de saúde e pelos meios de comunicação, têm tendência a estar erradas e a terem o efeito oposto do pretendido.

Um dos melhores exemplos disso é a recomendação de substituir a manteiga pela margarina… que é algo que nos têm vindo a dizer desde há muito tempo.

Bem, e o que acontece é que desta forma substituímos a manteiga, que é um alimento saudável, por algo que contêm gorduras trans altamente processadas… que são tóxicas e provocam todo o tipo de problemas para a saúde.

No estudo Framingham heart, os investigadores examinaram os efeitos da manteiga e da margarina na saúde cardiovascular e verificaram que a margarina aumenta de forma significativa o risco de problemas cardiovasculares, enquanto a manteiga não teve qualquer efeito (11).

Outro estudo revelou que o consumo de laticínios gordos reduziu o risco de problemas cardiovasculares por uns incríveis 69%, muito provavelmente devido ao aumento da ingestão de vitamina k2 (12).

A manteiga é uma boa fonte do ácido gordo butirato

manteigaO butirato é um tipo de ácido gordo criado pelas bactérias do cólon quando estas são expostas à fibra dietética e esta pode ser a principal razão para as fibras proporcionaram benefícios para a saúde dos seres humanos.

Mas existe uma outra excelente fonte de butirato… a manteiga, que é composto por cerca de 3-4% de butirato.

Em estudos realizados com ratos, a suplementação com butirato preveniu o aumento de peso derivado de uma má dieta, aumentando o dispêndio de energia e reduzindo a ingestão de alimentos. Também melhora o funcionamento das mitocôndrias e reduziu os níveis de insulina e de triglicerídeos em jejum (13).

Nos seres humanos, o butirato é anti-inflamatório e tem efeitos protetores potentes no sistema digestivo (14151617).

A manteiga é rica em Ácido Linoleico Conjugado

manteigaA manteiga, especialmente a proveniente de animais alimentados a pastos, é uma excelente fonte de um ácido gordo chamado Ácido Linoleico Conjugado, também conhecido por CLA.

Este ácido gordo pode ter efeitos potentes no metabolismo e até é vendido como suplemento para perda de peso.

O CLA demonstrou possuir propriedades anti-cancerígenas, e também diminuir a percentagem de gordura corporal em seres humanos (181920).

No entanto, outros estudos verificaram que o CLA não tem qualquer efeito na composição corporal (21).

A manteiga está associada a um menor risco de obesidade

manteigaAs autoridades de nutrição mais proeminentes costumam recomendar o consumo de lacticínios pobres em gordura. A ideia é que dessa forma, podemos obter o cálcio de que necessitamos sem todas essas gorduras más e calorias excessivas.

Mas apesar do conteúdo mais elevado de calorias, a ingestão de lacticínios gordos não está associada à obesidade.

De fato, um artigo de revisão que foi publicado em 2012, examinou os efeitos do conumo de lacticínios gordos na obesidade, doenças cardiovasculares e outras desordens metabólicas.

Eles descobriram que os lacticínios gordos não aumentam o risco de doença metabólica e que foram associados a um risco significativamente mais reduzido de obesidade (22).

Para alem dos vários benefícios para a saúde que a manteiga nos proporciona, é também bastante deliciosa e sempre com um sabor superior à margarina. Que mais se poderia pedir deste fantástico alimento?

Deixe uma resposta