5 g de BCAAs antes do treino = menos dor muscular

5 g de BCAAs antes do treino = menos dor muscular

Os atletas de musculação que tomem 5 g de BCAAs imediatamente antes de uma sessão de treino irão sofrer menos dor muscular nos dias seguintes, isto de acordo com pesquisadores japoneses do Instituto da Tecnologia de Nagoya.

Eles realizaram uma experiência com 30 homens e mulheres com idades entre os 21 e 24 anos.

Os pesquisadores deram a seus voluntários um pequeno-almoço rico em carboidratos, e pouco antes de eles terem começado a treinar musculação, os investigadores deram-lhes 150 ml de água com 5 g de BCAAs dissolvidos nela. A relação de leucina, isoleucina e valina foi de 1: 2,3: 1,2. Para além disso, também incluíram chá verde em pó dissolvido no líquido.

O estudo foi parcialmente financiado pelo governo japonês. Quando ao resto do dinheiro, não se sabe bem de onde veio. O que sabemos é que dois pesquisadores da Ajinomoto, participaram no estudo. A Ajinomoto é um fabricante de BCAAs.

A sessão de treino consistiu em sete séries de agachamento. Os homens e mulheres, que antes não praticavam exercício físico de forma regular, tiveram de fazer 20 repetições em cada série.

Durante os cinco dias após a sessão de treino, os voluntários tiveram que indicar o grau de dor muscular que sentiram. A primeira figura abaixo mostra os valores que os homens assinalaram. A figura abaixo dessa, mostra as pontuações das mulheres.

Tabela 1
Tabela 2

Os BCAAs tiveram mais efeito sobre as mulheres do que nos homens. De acordo com os japoneses, isso aconteceu porque as mulheres são mais leves e, portanto, receberam mais BCAAs por kg de peso corporal que os homens. Os homens receberam 77 mg de BCAA por kg de peso corporal, e as mulheres 92 mg.

Os japoneses não investigaram a forma como os BCAAs afectaram os indivíduos do teste. Mas dando uma vista de olhos pela literatura, temos uma vaga suspeita.

Os investigadores escreveram:

Os BCAAs possa atenuar a degradação de proteína induzida pelo exercício, enquanto que a leucina pode estimular a síntese de proteína muscular. Se estas descobertas forem fundamentadas, os resultados poderiam apoiar a utilidade dos BCAAs na recuperação muscular após o exercício.

A presente pesquisa foi publicada em 2006. Segundo os pesquisadores este foi um estudo preliminar. O estudo mais sério foi publicado em Junho de 2010. Nesse estudo, os investigadores explicam que a suplementação com BCAAs reduz o aumento no pós-treino, da proteína mioglobina muscular e elastase no sangue..

A mioglobina é libertada quando as células musculares são danificadas; a elastase é uma enzima que as células do sistema imunológico utilizam para limpar as células mortas. Isso significa que a suplementação com BCAAs reduz a dor muscular provocada pelo treino.

Referência!

Avatar

Siga-nos através das redes sociais.