Proteína whey concentrada, isolada ou hidrolisada? Qual a melhor?

Proteína whey concentrada, isolada ou hidrolisada? Qual a melhor?Quando se trata de escolher um suplemento de proteína, ainda são muitos os que ficam confusos com a variedade e tipos diferentes de proteína whey à venda no mercado. Espero que este guia básico possa servir para esclarecer melhor os consumidores.

Antes de mais, fique a saber que todos os tipos de proteína whey são um subproduto da produção do queijo. A proteína whey contém um valor biológico excecionalmente alto e contém uma grande quantidade de BCAAs (aminoácidos ramificados).

Existem três tipos básicos de proteína (whey) soro de leite à venda, estes são:

Proteína whey concentrada (WPC)

proteína whey concentrada

As proteínas whey concentradas têm tipicamente um nível (mas ainda significativo) reduzido de gordura e colesterol, mas, em geral, possuem níveis mais elevados de compostos bioactivos, e hidratos de carbono sob a forma de lactose.

Este é o tipo de proteína com maior percentagem de compostos bioativos benéficos. A percentagem de proteína destes concentrados pode ir desde os 29% a 89% de proteína em peso, mas a que é vendida em forma de suplemento normalmente contém entre 70% a 80%.

Aspetos positivos:

  •  É uma WPC bem produzida contém níveis mais altos de vários fatores de crescimento potencialmente benéficos como o IGF-1, TGF-B1, e TGF-B2, lípidos e vários lípidos bioativos, tais como o ácido linoleico conjugado (CLA), fosfolípidos que contêm níveis altos de imunoglubinas e lactoferrina, e outros compostos potencialmente interessantes.
  • Pode aumentar os níveis de glutationa (GSH), um antioxidante potente, que é necessário para o funcionamento correto do sistema imunológico.
  • Preço mais baixo que as restantes formas de proteína whey.

Aspetos negativos:

  • As proteínas whey concentradas têm uma quantidade de proteína ligeiramente menor de proteína do que uma WPI, contêm uma quantidade maior de gordura (embora na verdade essa gordura possa ter efeitos benéficos) e níveis mais altos de lactose.

Nota: Nem todas as proteínas whey concentradas são criadas da mesma forma e como tal nem todas têm a mesma quantidade dos compostos interessantes descritos acima.

Proteína whey isolada (WPI)

proteína whey isolada

As proteínas whey isoladas são sujeitas a tratamentos para remoção da gordura e lactose, mas geralmente também têm níveis mais baixos de compostos bioactivos, já que esses fatores estão presentes sobretudo na gordura que é removida no processo.

Este tipo de proteína contem tipicamente entre 90 a 96% de proteína. Tal como acontece com a proteína de soro de leite concentrados, isolados de proteína de soro são ligeiros a ligeiramente leitoso no gosto.

Aspetos positivos:

  • A vantagem de uma boa WPI é que, esta contém mais proteína e menos gordura e lactose.

Aspetos negativos:

  • Mais cara do que uma WPC
  • A maior percentagem de proteína vem com uma condição, a perda da maioria das subfrações únicas da Whey, que estão presentes na WPC.

Proteína whey hidrolisada (WPH)

proteína whey hidrolisada

Uma proteína hidrolisada  significa (basicamente) que a proteína foi parcialmente desintegrada em péptidos de diferentes comprimentos.

Aspetos positivos:

  • Digestão mais rápida.
  • A proteína whey hidrolosada pode ser menos alergénica que outras formas de whey (1).

Aspetos negativos:

  • Preço substancialmente mais elevado.
  • Sabor mais azedo.
  • Apesar do marketing publicitário, não existem dados científicos suficientes para justificarem os seus supostos benefícios.

Nota: Num estudo realizado em atletas de musculação, o hidrolisado de soro de leite de alta qualidade teve resultados inferiores ao concentrado de proteína whey. Veja mais no nosso artigo “Concentrado de proteína de soro é superior ao hidrolisado.”

Outras considerações

Alguns indivíduos têm problemas digestivos graves após o consumo de proteína whey. Estes podem incluir flatulência, inchaço, cólicas, cansaço, fraqueza, fadiga, dores de cabeça e irritabilidade.

Uma das possíveis causas é a intolerância à lactose após a ingestão de concentrado de soro de leite. A proteína não digerida no cólon também irá sofrer fermentação bacteriana, que levará à produção de, entre outras coisas, de gás e de ácidos gordos.

Podem ocorrer sintomas semelhantes devido a ingredientes presentes na proteína whey de qualidade inferior, tais como concentração exagerada de lactose ou adoçantes artificiais, que estão presentes na maioria das proteínas comercializadas.

Os efeitos destas substâncias podem ser distinguidos dos efeitos da proteína whey (soro de leite), mudando para uma proteína whey “bulk”, que é uma proteína mais pura, que não contém edulcorantes, açúcar e outros produtos adicionados às restantes proteínas comercializadas.

A melhor proteína depende dos seus objetivos e particularidades individuais, mas para a maioria das pessoas, uma WPC de boa qualidade será o ideal.

Para mais informações acerca deste tema, não deixe de ler também o artigo “Tudo sobre a proteína whey”.

Se gosta dos nossos artigos, pode subscrever a nossa newsletter!

8 Comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *