As três regras básicas para uma ter uma vida saudável

O efeito combinado de evitar o tabaco, com uma alimentação saudável e o exercício físico é enorme.

Este blog é famoso pelos seus artigos um pouco controversos. Aqui falamos de todo o tipo de suplementos, ervas, nutrição, programas de treino, etc. E poderia talvez pensar que é necessário ter um nível de conhecimento elevado nestas áreas, de forma a poder alcançar uma vida longa e saudável.

Mas é claro que não é isso que acontece. De acordo com um estudo realizado pelos “Centros de Controle e Prevenção de Doença em Atlanta, EUA, a simples adesão a apenas três regras simples de estilo de vida, podem ter um efeito positivo dramático na sua saúde.

Os investigadores irão publicar em breve no “Preventive Medicie” os resultados de um estudo no qual se seguiram 8.375 americanos com mais de 20 anos de idade, durante quase seis anos. Os pesquisadores sabem se os participantes fumaram, o que comiam e se realizavam exercício.

Por isso, tiveram em atenção essas três características. Os participantes que não fumaram, pontuaram bem na categoria de “baixo risco”. Os pesquisadores mediram a qualidade da dieta dos participantes de acordo com critérios como a variedade, o sal, ingestão de verduras e frutas. Os participantes nos 40 por cento mais saudáveis, classificaram-se como sendo de baixo risco. E em terceiro lugar os pesquisadores registaram o número de minutos de exercício intensivo ou moderadamente intensivo que os participantes realizaram a cada semana. Aqueles que se exercitaram durante mais de 150 minutos por semana também pontuaram bem na categoria de baixo risco.

Na tabela abaixo pode ver que o absentismo do tabaco foi o fator estilo de vida que pesou mais fortemente. O risco de mortalidade dos não fumadores foi 56 por cento inferior ao dos fumadores. Em segundo lugar ficou o exercício e em terceiro, a dieta.

Tabela 1

Tabela 2

A tabela acima mostra o efeito combinado do absentismo do tabaco, alimentação saudável e prática de exercício físico. Se você não fumar, comer de forma razoavelmente saudável e fizer um pouco de exercício, o seu risco de mortalidade será 82 por cento menor do que o de alguém que fuma, come pouco saudável e não faz nenhum exercício. Isso é quase um fator de 6.

Se for um leitor regular deste blog, então a sua dieta já será, muito provavelmente, consideravelmente melhor do que a da maioria dos individuos que se alimentaram de “forma saudável “no estudo americano. Para além disso, provavelmente também realiza muito mais exercício do que a pessoa média que pratica “bastante exercício” que participaram neste estudo. Com um pouco de sorte, pode ser que viva até uma idade bastante avançada.

Referencia!

 

 
Um comentário

Escreva um comentário